A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

16/07/2018 17:28

Grávida de 7 meses “bate à porta” dos bombeiros para conseguir socorro

Casal reclama que antes de bater em quartel não conseguiu socorro no Samu por falta de viatura

Guilherme Henri e Izabela Sanches
Militares dos bombeiros em socorro a gestante na entrada da maternidade Cândido Mariano (Foto: Fernando Antunes)Militares dos bombeiros em socorro a gestante na entrada da maternidade Cândido Mariano (Foto: Fernando Antunes)

Grávida de 7 meses diz que o marido precisou bater na porta de quartel do Corpo de Bombeiros para conseguir atendimento para ela na tarde desta segunda-feira (16) em Campo Grande. Antes de bater em quartel, casal reclamou que não conseguiu socorro pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) por falta de viatura. 

Por meio do canal “Direto das Ruas”, Maik Rafael, 25 anos, contou que a peregrinação do casal começou depois que a mulher, Marina Izabel Barboeno, 35 anos, passou mal nesta tarde.

A mulher está com 32 semanas da sétima gestação. Porém, ao pedir socorro, o marido dela ouviu pelo telefone que o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) não tinha viaturas disponíveis.

“Liguei no Corpo de Bombeiros e fui informado que eles também não tinham viaturas. Foi então que decide correr até o batalhão que fica na 14 de Julho para pedir ajuda. Lá, fui muito bem atendido e os militares largaram tudo o que estavam fazendo para me ajudar”, detalha.

Marina foi socorrida até a maternidade Cândido Mariano. Ela estava com a pressão baixa, mas não ocorreu nenhuma complicação com a gravidez.

Saúde Por meio de nota a Secretaria Municipal de Saúde, esclareceu que no registro da ocorrência consta que o Corpo de Bombeiros solicitou apoio ao Samu, no atendimento e após a análise das informações foi avaliado pelo médico regulador que não haveria necessidade do envio de uma viatura pois, a paciente contava de meios próprios para a locomoção.

“Como a ocorrência permaneceu no sistema de solicitação do Bombeiro, possivelmente após liberação de uma viatura, a Unidade de Resgate foi até o local”, informou trecho da nota.

Além disso, segundo a secretaria, nesta segunda-feira (16), nove viaturas estão atendendo as ocorrências pelo Samu (192). A previsão é que as demais quatro viaturas sejam reinseridas à frota nos próximos dias. Na semana passada, o órgão chegou a operar com apenas duas viaturas.

Direto das Ruas – O vídeo chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions