ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 22º

Direto das Ruas

Guarda usa spray de pimenta, prende 2 pessoas e leva imóveis em desocupação

Um caminhão foi levado até a área onde eles estavam e tudo que pertencia aos moradores foi retirado pelos GCM

Por Ana Beatriz Rodrigues | 13/05/2024 15:48

Famílias que voltaram a acampar em área pública, no Bairro Tijuca", foram retirados à força nesta segunda-feira, depois de duas tentativas de montar barracos no local.

Após serem despejados pela primeira vez, na madrugada de domingo, moradores do Condomínio Nova Alvorada, no bairro São Jorge da Lagoa, conhecido como “Carandiru do São Jorge da Lagoa”, ocuparam uma área no canteiro do cruzamento das ruas Dinamarca com Rio da Prata, no Bairro Jardim Tijuca.

Mas isso durou pouco tempo. No fim da manhã desta segunda-feira (13) equipes da GCM (Guarda Civil Metropolitana) foram até o local e usaram até spray de pimenta e bala de borracha para garantir a retirada das família da área que pertence à prefeitura.

Segundo informações dos moradores, duas pessoas foram levadas para a delegacia após resistirem a desocupação, mas liberadas em seguida.

Henrique Silva, de 24 anos, é uma das pessoas que resolveram montar acampamento no terreno. Ao Campo Grande News, ele contou que tudo que pertencia aos moradores foi retirado pelos guardas e levado em um caminhão para descarte.

“Tudo que a gente tinha eles pegaram, colchão, geladeira, cadeira. Coloram em cima do caminhão e falaram que iriam fazer o descarte, pegaram até as nossas barracas”, contou o morador.

O caminhão carregado com as coisas dos moradores sendo levado (Foto: Direto das Ruas)
O caminhão carregado com as coisas dos moradores sendo levado (Foto: Direto das Ruas)

No vídeo encaminhado ao Campo Grande News, pelo Direto das Ruas é possível ver os guardas se aproximando dos moradores com armas, cassetete e um escudo. Em determinado momento um dos servidores dispara o spray contra os moradores que estavam de mãos dadas tentando proteger móveis e outros itens pessoais..

A reportagem entrou em contato com a assessoria da Guarda, mas até a publicação desta matéria não haviam dado retorno, o espaço segue aberto para resposta.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias