ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 25º

Direto das Ruas

Loja se recusa a trocar garrafa que derreteu após limpeza com água morna

Procon explica qual o direito do consumidor nesses casos

Por Ana Beatriz Rodrigues | 04/06/2021 15:22
A garrafa que Thais comprou derretida pela segunda vez (Foto:Direto das Ruas)
A garrafa que Thais comprou derretida pela segunda vez (Foto:Direto das Ruas)

Consumidora da Capital comprou uma garrafa de R$ 40,00 na tarde de sábado (29),  mas assim que chegou em casa, Thais Bordim Caetano de Araújo, 27 anos, viu o dinheiro derreter literalmente.

Ela  foi esterilizar o objeto com água morna, e a garrafa encolheu.  No dia seguinte, voltou até a loja e teve o objeto trocado, mas o mesmo ocorreu.

Na segunda vez ela havia deixado a garrafa em cima da pia, para limpar apenas com álcool, mas a sogra de Thais foi esterilizar novamente com água morna e o produto se retorceu. “Ela foi esterilizar do jeito que ela faz com a mamadeira da minha filha, assim que a garrafa começou a derreter ela jogou a água fora e deixou em cima da pia pra eu ver”, comentou “acho estranho isso acontecer a garrafa não é exatamente de plástico é um material similar só que deveria ser mais resistente”.

Assim que Thais ficou sabendo que a garrafa tinha derretido de novo, ela voltou até a loja para trocar o produto novamente com a nota fiscal e a garrafa derretida nas mãos, mas a loja se recusou a fazer a troca, alegando que era mal-uso da parte dela e que não poderia trocar duas vezes a mesma peça.

Foto tirada pela cliente da garrafa inteira. (Foto: Direto das Ruas)
Foto tirada pela cliente da garrafa inteira. (Foto: Direto das Ruas)

A reportagem procurou o Proncon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) para saber qual o direto da secretaria. O superintendente Marcelo Salomão explicou que é uma obrigação da empresa fazer a troca do produto, não importa quantas vezes, já que o prazo se renova enquanto o produto apresentar defeito.

O diretor do Procon/MS ressalta que se for da vontade do cliente, ele pode ir até a loja e pedir o dinheiro de volta ou trocar por outra coisa no mesmo valor.

Direto das Ruas - O vídeo chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário