A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

29/07/2017 13:15

Sede de projeto social pega fogo, e responsável vê indícios de crime

Amanda Bogo
Incêndio destruiu parte das carteiras usadas pelas crianças carentes do bairro (Foto: Direto das Ruas)Incêndio destruiu parte das carteiras usadas pelas crianças carentes do bairro (Foto: Direto das Ruas)

Parte de uma residência, localizada na rua Jara, no Jardim Canguru, em Campo Grande, foi incendiada na noite de sexta-feira (28). O espaço é utilizado pela estudante Edileuza Luiz, 38 anos, para atender cerca de 78 crianças carentes em um projeto social. Ela acredita que o incêndio foi criminoso.

Edileuza conta que se preparava para dormir quando ouviu gritos da filha alertando sobre o incêndio. Os familiares conseguiram conter as chamas antes de que danos maiores fossem causados. “Perdi vinte cobertas que recebi para doar, além de colchões e algumas carteiras que usamos. É uma situação de impotência muito grande”.

O projeto de Edileuza funciona com doações e atende 78 crianças carentes da região, oferecendo três refeições diárias e auxílio nos estudos. Essa é a segunda vez que a “escolinha” é incendiada.

“Já tinham jogado fogo quando eu trabalhava na Cidade de Deus. Eu só não consigo entender porque de tanta maldade, aqui é aberto para toda a comunidade. Não tem instalação elétrica nem bituca de cigarro para justificar o início do fogo”.

A estudante relata que procurou a 5ª DP (Delegacia de Polícia) de Campo Grande para registrar o boletim de ocorrência, mas recebeu a negativa de um atendente. “Ele disse que tinha muita demanda e que era para eu voltar amanhã. Eu quero fazer o boletim para que a perícia venha e confirme que foi criminoso, mas até amanhã não vai ter mais nada para eles constatarem”.

A reportagem procurou por telefone o delegado titular da 5ª DP, Jairo Carlos Mendes,e o delegado-geral Marcelo Vargas, para dar um posicionamento sobre a recusa da confecção do boletim de ocorrências. No entanto, até o fechamento do texto, nenhum dos dois atenderam as ligações.

Direto das Ruas - A sugestão acima foi feita por um leitor. Você pode fazer contato com o Campo Grande News via aplicativo WhatsApp pelo canal Direto das Ruas, um meio de interação entre a redação e o leitor, por onde podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador via WhatsApp pelo número (67) 99955-2040.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions