A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/01/2015 21:29

Usuário promete consertar ponto de ônibus caso empresa não o fizer

Paulo Francis
Usuários colocaram pedras para que assento não caia (Foto: José Carlos Félix)Usuários colocaram pedras para que assento não caia (Foto: José Carlos Félix)

Mesmo após inúmeras reclamações de usuários do transporte coletivo e até publicação de matéria no jornal Campo Grande News, um ponto de ônibus localizado na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, ainda continua com assento quebrado e dificultando a vida de quem se utiliza do local.

O pintor José Carlos Félix, 43 anos, trabalha próximo ao local e utiliza o ponto de ônibus diariamente. Foi ele que fez a reclamação da primeira vez, em dezembro de 2014, e como não foi realizada nenhuma manutenção por parte da empresa responsável, entrou em contato com a redação para reclamar novamente.

Segundo José, o banco está quebrado desde o final do mês de novembro e, recentemente, para que o banco não caísse totalmente, foi necessário que os usuários colocassem pedras como 'calço'.

“O banco aqui está todo quebrado, a gente teve de colocar pedra embaixo senão nem iria ter onde sentar. Nós saímos cansados do serviço e aí chega na parada de ônibus e não tem onde sentar, isso é um absurdo! Estou cansando dessa dificuldade, merecemos um ponto com condições de uso”, desabafa o denunciante.

O pintor ainda se prontifica a arrumar o assento caso a empresa responsável não compareça. “Vou esperar ainda até sexta-feira (9). Caso ninguém vier eu mesmo vou fazer a solda e envio ai para vocês do Campo Grande News”, afirma José.

Direto das Ruas – Envie sua notícia, flagrante, sugestões de matérias, fotos, áudios e vídeos via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598.

 

 

 

 



Ha ha ha ha... Pobre otário... Com essa "ameaça" dele, agora mesmo que não vão arrumar... Kkkkkk E que povo mais cansado é esse? Não é à toa que o Sulmatogrossense é chamado de preguiçoso, vive querendo se escorar em algum lugar, é capaz até de dormir em pé... Eu acordo cedo todos os dias, enfrento ônibus para ir e voltar do trabalho, e não vivo com essa anemia toda. Esse povo devia era procurar um médico, fazer uns exames e tomar remédio pra anemia crônica.
 
Mariana Carvalho em 08/01/2015 00:16:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions