A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

30/12/2009 10:20

Retrospectiva: Reação rápida à crise marcou economia

Redação

A sombra da crise econômica mundial pairou por pouco tempo sobre a economia de Mato Grosso do Sul, assim como em todo o País. O ano de 2009 foi marcado pela rápida reação, após uma onda de demissões concentrada especialmente no setor frigorífico e também no setor extrativista voltado à produção de carvão. A indústria, o comércio e a construção civil foram os termômetros deste processo.

A geração de empregos formais surpreendeu, com recordes nos meses de agosto, setembro e novembro. A partir de maio, os pedidos de seguro-desemprego despencaram, atingindo em outubro a metade do que foi registrado em janeiro.

A expansão do setor supermercadista teve continuidade, desta vez com a chegada dos atacarejos, modalidade que mescla as vendas no atacado e varejo. Duplo benefício ao consumidor, porque além da concorrência de preços, os pequenos mercados de bairros tiveram que se esmerar no relacionamento para garantir espaço.

Diferente de anos anteriores, quando as promoções só ocorriam em períodos curtos, desta vez os postos de combustíveis mantiveram a concorrência praticamente o ano inteiro, reduzindo a margem de lucro para vender mais. Desde outubro, o preço do álcool sofreu uma disparada e na terceira semana de dezembro perdeu a competitividade para a gasolina.

Nome Limpo

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions