A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/11/2011 18:27

BB anuncia queda nos juros, reflexo de medidas do Banco Central

Wellton Máximo, da Agência Brasil

No primeiro dia útil após o BC(Banco Central) aliviar as restrições ao crédito de curto prazo para pessoa física, o BB (Banco do Brasil) acompanhou o movimento e reduziu os juros em algumas linhas de crédito. Em comunicado divulgado hoje (14), o BB informou que as taxas ficarão menores nas operações que tiveram a exigência de capital reduzida pela autoridade monetária.

Os cortes variam de acordo com o tipo de linha e o prazo. A compra de veículos em até 60 meses terá os juros diminuídos em até 0,5 ponto percentual. A redução será de até 0,4 ponto no crédito consignado de 37 a 60 meses. Nas linhas de crédito direto ao consumidor (CDC) entre 25 e 36 meses, a taxa caiu 0,2 ponto.

De acordo com o BB, as reduções nos juros seguem as medidas adotadas pelo Banco Central e mantêm a competitividade da instituição no sistema financeiro. “[O corte nos juros] mantém alinhamento com as medidas adotadas pelo Banco Central, que têm por objetivo contribuir com o aquecimento da economia por meio do crédito de consumo, porém, de forma responsável", destacou o banco na nota.

Na noite de sexta-feira (11), o Banco Central anunciou mudanças no cálculo das reservas que os bancos são obrigados a manter para fazer frente à concessão de crédito. As linhas de até 60 meses tiveram o limite diminuído. As operações de mais de 60 meses, no entanto, tiveram a exigência de capital dobrada. As mudanças afetaram o CDC, o crédito consignado e o financiamento de veículos.

Prorrogado prazo para usar FGTS em prestações atrasadas de crédito imobiliário
O prazo para os trabalhadores usarem o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para pagar parcelas atrasadas do financiamento habitacional foi p...
Dólar fecha perto de R$ 3,33, maior valor em cinco meses
Num dia de tensões no mercado de câmbio, a moeda norte-americana fechou no maior valor em quase seis meses. O dólar comercial encerrou esta terça-fei...


EM RELAÇÃO AOS JUROS COBRADOS NO CHEQUE ESPECIAL NENHUM POLÍTICO, NENHUMA AUTORIDADE FAZ NADA CONTRA? É MUITO MAIS QUE AGIOTAGEM.....SÓ QUE LEGALIZADA....SERÁ QUE NUNCA NINGUÉM CONSEGUIRÁ FAZER ALGO????MEU DEUS!!!!
ALGUÉM PODE ME DIZER PORQUE?
VAMOS MATOGROSSO DO SUL VAMOS LEVANTAR BANDEIRA CONTRA!!!!
DIGA NÃO AO JURO EXCESSIVO DO CHEQUE ESPECIAL!!!
É ROUBO LEGALIZADO!!!
 
GILMAR CANDIDO em 14/11/2011 07:17:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions