A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

24/03/2010 09:05

BB enfrenta guerra por consignado em outros estados

Redação

Não é apenas em Mato Grosso do Sul que o Banco do Brasil enfrenta a ira das outras instituições de crédito após ser escolhido para operar com exclusividade os empréstimos consignados a servidores públicos.

Reportagem de hoje do Jornal o Estado de S.Paulo revela a existência de pelo menos 11 ações na Justiça questionando a exclusividade do BB, maior banco do País e detentor da folha de pagamento dos servidores estaduais sul-mato-grossenses.

Exemplos estão na cidade de São Paulo, nos estados da Paraíba e Espírito Santo e o Distrito Federal, onde existe a disputa judicial contra a exclusividade do BB.

Mato Grosso do Sul não é citado, mas também existe uma ação e uma representação ao Ministério Público Estadual contra o decreto editado pelo Governo do Estado, no sábado de Carnaval, tornando o BB o único banco com autorização para empréstimo consignado.

Uma decisão liminar já suspendeu a medida, mas ainda não foi colocada em prática, pois não houve notificação das partes.

Por enquanto, segundo o Campo Grande News apurou, o empréstimo consignado está disponível em outros bancos, mas com prazo de até 48 vezes, enquanto no Banco do Brasil,o prazo vai até 72 vezes. Além disso, as instituições já foram avisadas pelo setor responsável pela consignação na folha de pagamento de que a sobrevida vai durar apenas 90 dias.

Assim como em Mato Grosso do Sul, a briga judicial é movida pela reclamação dos concorrentes de que exclusividade ao Banco do Brasil prejudica a concorrência no setor.

Dos 11 processos localizados jornal paulista, oito foram abertos por instituições financeiras privadas ou por entidades do setor. A principal reclamante é a Associação Brasileira de Bancos (ABBC), que representa os interesses de 84 instituições, a maioria de pequeno e médio portes.

Boletos vencidos a partir de R$ 100 agora podem ser pagos em qualquer banco
A partir de amanhã (15), os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida faz parte da nova pla...
Dólar acumula queda de 1,97% e fecha cotado a R$ 3,77
O dólar fechou a quinta-feira (11) em alta de 0,45%, cotado a R$ 3,7786. A moeda norte-americana encerrou a semana em queda de 1,97%. Os investidores...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions