A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/08/2015 08:26

Bradesco compra HSBC e sindicato define estratégia para garantir emprego

Liana Feitosa
Sindicato quer negociar com Bradesco para que empregos sejam mantidos. (Foto: Arquivo Campo Grande News)Sindicato quer negociar com Bradesco para que empregos sejam mantidos. (Foto: Arquivo Campo Grande News)

Dois meses após anunciar que deixará de operar no Brasil, o HSBC confirmou na madrugada desta segunda-feira (3) que vendeu sua subsidiária ao Bradesco. O trâmite foi firmado na sexta-feira (31), mas anunciado hoje e custou R$ 17,8 bilhões.

Segundo o Valor Econômico, ainda podem ocorrer mudanças na negociação, que está sujeita à aprovação regulatória. Mas, para o presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande, Edvaldo Barros, agora é hora de buscar a conservação dos empregos.

Ainda hoje representações nacionais de funcionários do HSBC e sindicatos deve estabelecer uma data de reunião com as duas instituições financeiras.

"Queremos conversar, o quanto antes, com os bancos para criar mecanismos de garantia de emprego, que é a nossa maior preocupação", explica.

"Ainda não temos uma agenda definida, mas já estamos nos mobilizando e entrando em contato para fazer essa garantia. Ainda hoje esperamos fechar uma data de reunião com os dois bancos", define o sindicalista.

Em Campo Grande e região, o banco tem cerca de 270 funcionários diretos, segundo Barros. Já em todo o Mato Grosso do Sul, a empresa conta com 450 funcionários.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions