A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

25/08/2016 16:45

Brasil perdeu 94,7 mil vagas de empregos no mês de julho

Anny Malagolini
Feira de empregos na Capital atrai multidão (Foto: Fernando Antunes)Feira de empregos na Capital atrai multidão (Foto: Fernando Antunes)

O país fechou o mês de julho oferecendo 94,7 mil vagas a menos, no mercado de trabalho formal, segundo levantamento do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta quinta-feira (25). Este é o 16º mês seguido em que o país apresenta corte de vagas no mercado de trabalho.

A estimativa de analistas do setor era de que a mercado de empregos em julho fosse de 88 mil; O declínio em relação ao estoque do mês anterior é de -0,24%. Embora o número seja negativo, o Caged mostrou que a queda é menor da ocorrida no mesmo período do ano passado: foram 157.905 vagas em 2015.

Segundo o Caged, o estoque de emprego para julho é de 39.068.534 trabalhadores com carteira de trabalho assinada. O acumulado do ano registra uma redução de 1,57%, correspondendo à perda de 623.520 postos de trabalho. Nos últimos doze meses, o recuo foi de 1.706.459 postos de trabalho.

Entre os setores da economia, a Agricultura continua gerando postos, registrando no mês um acréscimo de 4.253 vagas formais, um incremento de 0,26% em relação ao mês anterior. A Administração Pública foi outro setor com resultado positivo, registrando a geração de 237 postos de trabalho ou +0,03%. Houve perda no setor de Serviços (-40.1470 postos ou – 0,24%), na Construção Civil (-27.718 postos ou -1,09%), no Comércio (-16.286 postos ou – 0,18%) e na Indústria de Transformação (-13.298 postos ou -0,18%).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions