A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/06/2009 17:00

Caminhoneiros reclamam da alíquota do ICMS sobre diesel

Redação

Os caminhoneiros e empresas do transporte de cargas de Mato Grosso do Sul reclamam da alta alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulações de Mercadorias e Serviços) cobrada sobre o óleo diesel. Enquanto o Estado tributa o produto em 17%, outras unidades da federação só taxam em 12%.

"Só queremos a equiparação com os demais estados", afirmou o presidente da Força Sul-mato-grossense de Caminhoneiros, Francisco Rodrigues da Silva, o Chicão. Ele disse que o Governo estadual deveria se sensibilizar com a dificuldade financeira das empresas.

Chicão afirmou que vários postos de combustíveis foram fechados ao longo das rodovias de Mato Grosso do Sul devido a perda de competitividade com os demais estados. Além do combustível, a alta carga tributária acaba onerando o preço de peças e serviços no Estado. Segundo Chicão, para fazer o motor fundido de um caminhão, o caminhoneiro desembolsa até R$ 40 mil em Mato Grosso do Sul, enquanto o custo sai por R$ 25 mil em outros municípios.

Os proprietários de postos de combustíveis também defendem a redução na alíquota do ICMS de 17% para 12%. Ontem, a Petrobras anunciou redução de 15% do diesel nas refinarias, mas para o consumidor final a diminuição será de 9,6%.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions