A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

09/04/2018 21:47

Capital pode receber frigorífico de peixes no ano que vem

Adriano Fernandes
Dono de empresa no ramo demonstrou o interesse de instalar a produção na Capital em reunião com o prefeito Marquinhos Trad (PSD), nesta segunda-feira (09). (Foto: Divulgação) Dono de empresa no ramo demonstrou o interesse de instalar a produção na Capital em reunião com o prefeito Marquinhos Trad (PSD), nesta segunda-feira (09). (Foto: Divulgação)

Campo Grande pode receber um frigorífico de pescado já no próximo ano. O investimento para a construção do segundo frigorífico da empresa Frescomares no país em MS pode ser de R$ 13,8 milhões e gerar cerca 120 empregos diretos e até 50 indiretos na produção de tilápia.

O dono da empresa demonstrou o interesse de instalar a produção na Capital em reunião com o prefeito Marquinhos Trad (PSD), nesta segunda-feira (09). “As empresas estão voltando a procurar a nossa cidade, o que garante um crescimento da nossa geração de emprego e fortalecimento da nossa economia”, comentou Marquinhos.

Campo Grande venceu a disputa com Belo Horizonte-MG e a expectativa é de que a nova empresa contribua para a ampliação da cadeia produtiva do pescado em Campo Grande. “Além da geração de emprego e renda, assegura o investimento na cadeia produtiva do pescado. Temos uma bacia hidrográfica grande e precisamos aproveitar este potencial. Vamos trabalhar pesado para fortalecer a cadeia produtiva do pescado na Capital”, declarou o secretário de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia (Sedesc), Luiz Fernando Buainain.

O projeto de instalação da empresa será encaminhado para a próxima reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande (Codecon). Se aprovada a instalação, o projeto segue para a Câmara de Campo Grande, que pode garantir a instalação da empresa já no ano de 2019.

A Sedesc será responsável por dar todo o suporte necessário para empresa, intermediando a parceria com os produtores. Com a aprovação do projeto, a empresa, em parceria com a Sedesc, já se reunirá com produtores e empresários interessados na criação do pescado, para que possam encaminhar o projeto de produção. A empresa já se dispôs a ofertar a ração necessária para a criação do peixe, incentivando a ampliação da produção.

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions