A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/04/2011 16:08

Casos de acidentes de trabalho crescem 19,2% em MS, aponta INSS

Jorge Almoas

O crescimento das oportunidades no mercado de trabalho vem acompanhado pela quantidade de acidentes de trabalho registrados em Mato Grosso do Sul. Dados do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) mostram que no primeiro trimestre deste ano, foram protocolados 91 pedidos de auxílio-doença acidentes por dia no Estado.

Nos três primeiros meses do ano, o INSS contabiliza 8.272 acidentes de trabalho, 19,2% a mais que os 6.937 acidentes no mesmo período do ano passado.

De acordo com a assessoria do INSS em Mato Grosso do Sul, os acidentes de trabalho não se concentram em determinado setor.

O acidente de trabalho é aquele que se verifica no local e no tempo de trabalho, produzindo lesão corporal, perturbação funcional ou doença de que resulte perda ou redução na capacidade de trabalho ou a morte.

No próximo dia 28 de abril, é comemorado o “Dia Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho”. Em todo o Brasil, a PGF (Procuradoria-Geral Federal) vai promover o ajuizamento coletivo de centenas de ações regressivas acidentárias.

O objetivo é ressarcir os cofres da Previdência Social, além de instruir as empresas sobre melhoria no ambiente de trabalho, evitando acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


Edimar, Boa Noite!
Sou Professora Estadual, estou enfrentando problemas com a Perícia Médica do Planserv, que me retornou ao trabalho após duas cirurgias no Tonozelo Direito, contrariando o relatório do Médico cirurgião que acompanha o meu problema.
Estou indo trabalhar mesmo doente. Um dos peritos que me atendeu no dia 5 Janeiro desse ano falou " A Senhora não tem nada volte para seu trabalho. O outro que me atendeu no dia 25 do mesmo mês mandou me readaptar tive perdas de Salário por não está na minha função.
Gostaria de fazer uma denúncia perem nãoquero me identificar publicamente, pois estou muito abalada com tanta humilhação, após 20 anos de trabalho.
O meu propblema começou com um Acidente de Trajeto em 27.04.2009,que não foi aceito pela Junta Médica.
Tenho Atestados, Exames Médicos do dia.
 
Nancy V. Gottardo em 13/04/2011 07:28:07
Caro Edimar, acho que o conheço...
Tenho em vista o que você se referiu... " A maioria das empresas contratam os profissionais da area de segurança para trabalhar em escritorio, arquivando documentos e nao cumprindo com as normas previstas. FALTA FISCALIZAÇAO POR PARTE DO MTE."
Mas, se o custo com os afastamentos continuarem a aumentar, pode ter certeza que o MTE vai começar a fiscalizar mais... Só falta começar a pesar no bolso deles....
 
Willian salviano em 12/04/2011 06:03:22
Enquanto as empresas nao investirem em segurança do trabalho, esse indice só tende a crescer. A maioria das empresas contratam os profissionais da area de segurança para trabalhar em escritorio, arquivando documentos e nao cumprindo com as normas previstas. FALTA FISCALIZAÇAO POR PARTE DO MTE.
 
EDIMAR MARTINS DE OLIVEIRA em 12/04/2011 05:34:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions