A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

14/01/2015 16:56

Celulose, carne e minério garantem saldo de US$ 8 mi em exportações

Priscilla Peres
Eldorado Celulose é a empresa com maior participação na balança comercial do Estado. (Foto: Fiems)Eldorado Celulose é a empresa com maior participação na balança comercial do Estado. (Foto: Fiems)

A Balança Comercial de Mato Grosso do Sul fechou 2014 com saldo de apenas US$ 8.360 milhões, em um ano que seis meses foram de deficits. Segundo dados do Midic (Ministério do Desenvolvimento e Comercio Exterior), durante o ano o Estado exportou US$ 5.245 bilhões e importou US$ 5.237 bilhões.

Apesar do baixo saldo, o resultado foi bem melhor do que em 2013 quando a balança comercial terminou com deficit de US$ 496 milhões, ou seja importou mais do que exportou, conforme os dados compilados pelo Mdic.

No ano passado, a Eldorado Celulose mais uma vez liderou as exportações das empresas do Estado. Com crescimento de 22% no volume enviado para outros países, a gigante da celulose somou US$ 726 milhões, o que corresponde a 13,85% de toda a balança.

A grande demanda externa pela carne bovina fez com que o JBS ficasse em segundo no ranking e apresentasse crescimento de 15,51% no volume, ao ano. Apesar de no fim de 2014 ter informado que desistiu do investimento, a Vetorial aparece em terceiro entre as empresas, com crescimento de 23%.

Em compensação a ADM do Brasil, a Bunge Alimentos e a Seara Alimentos apresentaram retrações de 24,54%, 24,06% e 25,08%, respectivamente. Soja (2,3%), Celulose (2,33%), Carnes (14,18%) e Minério de Ferro (17,07%) são os produtos mais exportados pelo Estado.

A China apesar de reduzir em 8,55% sua participação da exportação do Estado, lidera o ranking com US$ 1.480 bilhão. A Argentina aparece em segundo com crescimento de 21,24% e a Rússia que esse ano abriu mercado para a carne brasileira, é o terceiro país que mais comprou produtos de MS, aumentando em 21% sua participação em relação a 2013.

Importações - No ano passado as importações de MS caíram 8,97%. O gás natural importado da Bolívia é o produto com mais peso na Balança Comercial, porém teve retração de 5,75% em 2014. Cobre é o segundo do ranking e também apresentou queda de 14,33%, as carnes desossadas que estão em terceiro tiveram alta de 13,74%.

Por causa do gás natural, a Bolívia é o país de quem o Estado mais importa, apesar da queda de 6,28% no ano passado. A China é o segundo e o Chile é o terceiro e ambos apresentaram retração em 2014, de 5,29% e de 12,93% respectivamente.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions