A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/01/2015 16:56

Celulose, carne e minério garantem saldo de US$ 8 mi em exportações

Priscilla Peres
Eldorado Celulose é a empresa com maior participação na balança comercial do Estado. (Foto: Fiems)Eldorado Celulose é a empresa com maior participação na balança comercial do Estado. (Foto: Fiems)

A Balança Comercial de Mato Grosso do Sul fechou 2014 com saldo de apenas US$ 8.360 milhões, em um ano que seis meses foram de deficits. Segundo dados do Midic (Ministério do Desenvolvimento e Comercio Exterior), durante o ano o Estado exportou US$ 5.245 bilhões e importou US$ 5.237 bilhões.

Apesar do baixo saldo, o resultado foi bem melhor do que em 2013 quando a balança comercial terminou com deficit de US$ 496 milhões, ou seja importou mais do que exportou, conforme os dados compilados pelo Mdic.

No ano passado, a Eldorado Celulose mais uma vez liderou as exportações das empresas do Estado. Com crescimento de 22% no volume enviado para outros países, a gigante da celulose somou US$ 726 milhões, o que corresponde a 13,85% de toda a balança.

A grande demanda externa pela carne bovina fez com que o JBS ficasse em segundo no ranking e apresentasse crescimento de 15,51% no volume, ao ano. Apesar de no fim de 2014 ter informado que desistiu do investimento, a Vetorial aparece em terceiro entre as empresas, com crescimento de 23%.

Em compensação a ADM do Brasil, a Bunge Alimentos e a Seara Alimentos apresentaram retrações de 24,54%, 24,06% e 25,08%, respectivamente. Soja (2,3%), Celulose (2,33%), Carnes (14,18%) e Minério de Ferro (17,07%) são os produtos mais exportados pelo Estado.

A China apesar de reduzir em 8,55% sua participação da exportação do Estado, lidera o ranking com US$ 1.480 bilhão. A Argentina aparece em segundo com crescimento de 21,24% e a Rússia que esse ano abriu mercado para a carne brasileira, é o terceiro país que mais comprou produtos de MS, aumentando em 21% sua participação em relação a 2013.

Importações - No ano passado as importações de MS caíram 8,97%. O gás natural importado da Bolívia é o produto com mais peso na Balança Comercial, porém teve retração de 5,75% em 2014. Cobre é o segundo do ranking e também apresentou queda de 14,33%, as carnes desossadas que estão em terceiro tiveram alta de 13,74%.

Por causa do gás natural, a Bolívia é o país de quem o Estado mais importa, apesar da queda de 6,28% no ano passado. A China é o segundo e o Chile é o terceiro e ambos apresentaram retração em 2014, de 5,29% e de 12,93% respectivamente.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions