A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/01/2013 19:56

Clientes fazem fila para garantir combustível sem reajuste

Alguns consumidores já falam em mudança de hábito. Ao invés de procurar o posto mais próximo, vai buscar o que seja mais barato

Nyelder Rodrigues
Fila tripla para abastecimento no posto chegou até a usar parte da pista da Via Parque (Foto: João Garrigó)Fila tripla para abastecimento no posto chegou até a usar parte da pista da Via Parque (Foto: João Garrigó)

Filas em busca de bons preços. Esse é cenário em alguns postos de combustíveis de Campo Grande nesta tarde de quarta-feira (30), primeiro dia após o anúncio de aumento da gasolina e diesel feito pela Petrobrás.

E esse aumento pode representar uma mudança no comportamento do consumidor daqui em diante. Acostumados reabastecer no posto mais próximo de casa, ou no caminho para o trabalho, já começou a procura pelo que oferece os melhores preços.

O aumento anunciado foi de 6,6% no preço da gasolina comum (Gasolina A) e de 5,4% no preço do óleo diesel nas refinarias da companhia em todo o país. Já para o consumidor, na bomba do posto, em Campo Grande a previsão é que os valores para o litro girem em torno dos R$ 3 para gasolina e R$ 2,40 para o diesel.

Um dos motoristas que enfrentaram uma grande fila em busca de um melhor preço, Marcílio da Silva, de 35 anos, contou que, indo para o trabalho, viu o baixo preço no posto que fica na avenida Via Parque, e resolveu passar na volta para aproveitar.

“Tem que procurar o melhor preço. Só não optei pelo etanol porque o carro não é flex”, conta Marcílio, lembrando que o etanol não sofreu reajuste. No posto, da bandeira Bonatto, o litro etanol é comercializado por R$ 1,94, e da gasolina por R$ 2,70.

Marcílio explicou que abastecia em postos em que o acesso era mais cômodo para ele, como os próximos de casa. Porém, com o novo aumento, ele afirma que vai procurar os postos com os melhores preços. “Você vê diferenças de até R$ 0,20 o litro, o que faz uma grande diferença quando se enche o tanque”.

Além disso, Marcílio reclama do novo aumento dos combustíveis, que para ele, é abusivo. “É complicado para o brasileiro. Anunciaram a redução do preço da energia, mas por outro lado, sobe a gasolina. Isso porque a gente nem sabe se realmente vai abaixar a energia, não vimos no papel ainda”, argumenta.

Já Agustinho Miranda, de 45 anos, diz que de vez em quando reabastecia este mesmo posto, já que a bandeira é conhecida pelos baixos preços. Ele diz que geralmente abastece com etanol, mas também reclama do aumento na gasolina e diesel, já prevendo aumento nos custos do transporte de produtos e, consequentemente, no valor final dos produtos.

“A gente acaba tendo que aceitar. Mas é estranho para o Brasil, grande produtor de petróleo e etanol, ter um preço tão exorbitante. Tem uma cadeia de fatores, mas os impostos são o principal vilão. Fica realmente difícil”, opina Agustinho.

Diante do aumento da gasolina, Augustinho afirmou que vai continuar abastecendo com etanol, pois o considera mais em conta, e espera que o combustível também não sofra aumento.

Conforme especialistas, como o motor do carro fica mais potente com etanol, ele também consome mais combustível, e o abastecimento com etanol compensa mais que o com gasolina, financeiramente, quando o preço do litro do etanol é 70% do preço da gasolina. No caso do posto onde Agustinho e Marcílio abasteceram, o etanol seria a melhor opção se custasse R$ 1,89 o litro.

Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
Prazo para regularizar débitos com fisco estadual vence na sexta-feira
Contribuintes que possuem débitos com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderirem ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Gross...


Até quando nós brasileiros seguiremos com esse conformismo?Tem que reclamar, tem que ir às redes sociais, porque do jeito que tá não pode continuar, ou vocês acham que o reajuste vai ficar só nos combustíveis?Esse reajuste é só o início de uma reação em cadeia que esta por vir, afinal, tudo o que compramos tem o valor do frete embutido, e sera cobrado de quem?!O brasileiro tem que acordar, ou você acha justo o Brasil exportar combustível para a Bolívia, onde o preço é de 1,20 e aqui, o país produtor custar 3,00. Até quando?
 
Marcio Arruda em 01/02/2013 09:39:13
Esse pessoal que acha caro o combustivel ande de Onibus, bicicleta. Outra coisa essa de o Governo anunciar que nos Postos os aumentos iriam demorar, posso lhes adiantar que a demora foi de 2 horas ( duas hora ) Sou Proprietário de Posto de Combustivel em Ribas do Rio Pardo e recebi combustivel com aumento: O custo da gasolina comum é de R$= 2.56.8 e o Diesel R$= 2.21.4, O Proprietario do Posto se não por 15% para chegar ao preço de venda ou quebra ou adultéra. Tem varias maneiras. No Produto ou na Bomba. A diferença nos preços depende da distância em C.Grande com o interior. O custo do produto retirado da Petrobas é igual para todos. Quanto a procura de produtos baratos é o resultado das revisões dos veículos ficarem mais caros. Procure informar nas oficinas Ford e Honday
 
Ricardo Thibes Cardoso em 31/01/2013 15:21:15
Incrível é o Brasil vender gasolina para a argentina por R$ 0,90 por Litro, e cobrar R$ 3,09 dos próprios donos dela!
 
Felipe Lara em 31/01/2013 15:19:55
O verdadeiro ABSURDO é a conduta adotada pelos proprietários dos postos de combustíveis. O aumento foi autorizado para as refinarias e eles AUTOMATICAMENTE repassam para o consumidor. essa conduta é VERGONHOSA. ESTÃO VENDENDO GASOLINA COMPRADA A PREÇO ANTIGO POR PREÇO NOVO. CADE A FISCALIZAÇÃO DO MINSTÉRIO PÚBLICO????? CADE O PROCON??? CADE A DEFESA DO CONSUMIDOR??? E Brasil, país do "oba oba". E salve a nossa autosuficiência em petróleo... que piada...VAMOS RIR AÍ GALERA......
 
Hícaro Augusto em 31/01/2013 09:59:37
O combustivel teve reajuste, mas d inicio foi dito q esse reajuste chegaria no maximo as distribuidoras e não afetaria os preços nas bombas, o governo declarou o aumento em um dia e no outro d manhã cedo os preços já estava absurdamente elevados nas bombas, os donos d postos nem sequer esperaram renovar seus estoques para começar a cobrar o preço novo.. se queremos salario mais alto temos q esperar 30 dias após o anuncio do aumento, se abaixam a tarifa d luz temos q esperar mais 30 dias para usufruir do desconto, agora quando é pra tirar dinheiro do bolso do cidadão é d imediato.. Teremos desconto na energia, mas e esse desconto vai se refletir nos produtos produzidos através dela, com certeza não!! Já o combustivel com certeza vai refletir aumento em todos os produtos.. ACORDA BRASIL..
 
Ronaldo Leal em 31/01/2013 09:13:36
Como a gasolina recebe uma adição de 20% de álcool (produto com preço menor) antes de ser vendida nos postos, o reajuste não deve chegar na mesma proporção aos consumidores. A consultoria CBIE estima alta de 4% dos preços nas bombas.
 
Wilame Morais em 31/01/2013 08:30:13
Onde vamos parar!! isso é um absurdo o Brasil um país rico com estes estranho impostos...
Vai ser difícil nós aguentarmos com o salário que ganhamos..... Isso necessita uma manifestação, igual a que teve aqui em nossa cidade Campo Grande-MS. abraço boa sorte a todos...
 
luan lago de carvalho em 31/01/2013 08:15:09
Onde está a auto suficiência demagoga propalada aos quatro ventos pelo Lula ? O povo acreditou, não foi isso? agora todos nós estamos pagando com muito suor o sagrado combustível. Nunca mais me venham com essa de auto suficiência, se importamos grande parte do petróleo que necessitamos, não há auto suficiência! Fechem a matraca!! Não adianta a Srª Dilma patrocinar propaganda eleitoreira na TV, alegando que reduziu a conta de energia, se com a outra mão toma de volta através do combustível. Até quando vamos aturar neste país, esse timinho incompetente dos petralhas, que vive de propaganda enganosa? Certamente até o dia em que o povo acordar p/ a realidade, se é que vai acordar, pois recebendo bolsa migalha, futebol e samba, tudo tende a permanecer como está.
 
ademir gomes em 31/01/2013 07:42:28
Momento perfeito pra fazer uma fiscalização na qualidade do combustível não é!? O barato pode sair caro...
 
Filipe Alberto em 30/01/2013 22:08:44
Infelizmente o reajuste não ficou limitado a gasolina e ao diesel. O etanol também subiu assustadoramente....antes pagava R$1,930 e agora foi para R$ 2,099. Mais de 10% de aumento....UM ABSURDO...
 
Luis Pontes em 30/01/2013 20:35:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions