A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

03/04/2012 10:19

Com 11 mil metros, centro de distribuição da Sertão fica pronto até final do ano

Fabiano Arruda e Wendell Reis
Prefeito Nelsinho Trad discursa no lançamento das obras e destaca crescimento de pólo empresarial na saída para Aquidauana. (Foto: Marlon Ganassin)Prefeito Nelsinho Trad discursa no lançamento das obras e destaca crescimento de pólo empresarial na saída para Aquidauana. (Foto: Marlon Ganassin)

O novo centro de distribuição da rede Sertão, que contará com 30 mil metros quadrados, sendo 11 mil de área construída, deve ficar pronto até o final do ano. Os investimentos giram em torno de R$ 8 milhões.

A pedra fundamental foi lançada na manhã desta terça-feira no local das obras, na avenida Solon Padilha, no Pólo Empresarial Oeste, que fica saída para Aquidauana.

O local terá capacidade para gerar pelo menos 300 empregos entre diretos e indiretos, além de contar com equipamentos modernos de logística, máquinas e sistemas de gerenciamento de controle, o que deve dobrar a capacidade de abastecimento da empresa e melhorar atendimento ao cliente e agilidade na entrega.

O antigo centro de distribuição, na avenida Coronel Antonino, contava com 3 mil metros quadrados. Com o novo espaço, segundo Marco Antônio Saling, sócio proprietário da rede, será possível dar maior organização a demanda da empresa.

Conforme o vice-prefeito de Campo Grande, Edil Albuquerque (PMDB), os investimentos foram contemplados dentro do Prodes (Programa de Desenvolvimento Econômico e Social). Ele explica que o programa não atende apenas novas indústrias, mas empresas que desejam crescer e expandir.

“O que ocorre (no programa) é que trocamos o imposto para poder gerar emprego. O prefeito tem dado carta branca para atender estas empresas”, pontuou.

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB), por sua vez, destacou o crescimento do Pólo Empresarial Oeste, que, segundo ele, foi o que mais cresceu nos últimos seis meses.

O chefe do Executivo Municipal ainda revelou duas possibilidades para o pólo: a instalação de uma empresa de cerveja e o asfaltamento de toda área, reivindicação já feita ao governador André Puccinelli (PMDB).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions