A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Novembro de 2018

28/11/2013 14:24

Com chegada do Natal, campo-grandense aumenta número de compras parceladas

Bruno Chaves

Pesquisa divulgada pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) afirma que o número de famílias campo-grandenses com dívidas parceladas aumentou em novembro.

A aproximação do Natal é o fator que induziu esse crescimento, afirmou o presidente da Fecomércio/MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul), Edison Araújo.

Em novembro, o índice de famílias da Capital com prestações a pagar foi 7,7% maior que no mês anterior, outubro.

No mês passado, eram 169,2 mil famílias com parcelamentos a vancer. Este mês, o número saltou para 182,3 mil famílias.

Atualmente, segundo a assessoria da Fecomércio/MS, 73,5% das famílias de Campo Grande estão comprometidas com dívidas.

A maioria delas é com cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros.

Para Edison, “era uma evolução já esperada porque muitas pessoas assumem novos compromissos contando com a entrada do décimo terceiro”.

Ele ainda destacou que os números representam um indicativo de que as pessoas estão antecipando as compras de Natal.

Ao todo, 16,9% das famílias entrevistadas se consideraram muito endividadas; 29,5% responderam que são pouco endividadas.

Na estatística, o cartão de crédito figura como o principal meio de endividamento, 63,6%; o carnê aparece em segundo lugar com 18,1%; e o crédito pessoal em terceiro, com 15%.

A pesquisa ainda apontou 30,7% das famílias têm prestações a vencer por mais de um ano. A maioria, 45,1%, compromete de 11% a 50% da renda com as prestações mensais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions