A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Maio de 2018

15/07/2010 10:12

Comércio tenta, mas não emplaca "Dia do Homem"

Redação

A data já existe há 10 anos no Brasil, mas é muito pouco lembrada. Para mudar isso e faturar também no 15 de julho, o comércio investe no "Dia do Homem".

Datas comemorativas sempre servem para alavancar as vendas, mas o Dia do Homem não parece representar aumento nas vendas. Vitrines sem decoração nem homenagens fazem o dia passar em branco aos consumidores.

A vendedora ambulante, Marileide Vasques de Oliveira, 56 anos, ficou sabendo pela televisão que hoje os homens eram homenageados e vê a data como "uma oportunidade boa para o comércio. Se existe o Dia da Vovó, o Dia do Vovô", lembra.

Ricardo Marciano, 35 anos, gerente de uma loja de roupas e tênis masculinos e femininos na região central, demorou alguns minutos para se recordar que hoje era uma data comemorativa.

Ele conta que só sabia porque certa vez em um aeroporto de São Paulo viu uma placa com a data e achou diferente. Apesar de acreditar que a iniciativa é interessante, ele não acredita que possa influenciar o comércio.

"

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions