A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Janeiro de 2020

07/12/2019 14:35

Concessão da MS-306 vai melhorar logística do Estado, diz secretário

Secretário Jaime Verruck ponderou que o projeto vai ajudar no escoamento da produção com os estados vizinhos

Leonardo Rocha
Secretário de Produção e Agricultura, Jaime Verruck (Foto:  Edemir Rodrigues - Governo MS)Secretário de Produção e Agricultura, Jaime Verruck (Foto: Edemir Rodrigues - Governo MS)

O secretário estadual de Desenvolvimento e Agricultura, Jaime Verruck, ressaltou que a concessão da rodovia MS-306 para iniciativa privada vai melhorar a logística do Estado e que faz parte de um planejamento da gestão tucana. O objetivo é dar mais competitividade para produção local.

“Melhoria da logística gera desenvolvimento econômico e é isso que nós estamos buscando no Estado. Essa estratégia do Governo do Estado tem sido exitosa, prova disso são os avanços na questão hidroviária, portuária, ferroviária, na rota bioceânica”, diz o secretário.

Ele adiantou que este projeto (concessão) será importante para o escoamento da produção, já que a rodovia é um polo de integração com os estados vizinhos, como Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais. “O investimento nos 220 quilômetros de rodovia é importante para o agronegócio de Mato Grosso do Sul”.

Também citou que a concessão vai ajudar e ter um forte impacto no transporte de cargas, que segundo o secretário ficará mais “seguro e rápido”, dando melhores condições aos produtos agrícolas. A empresa que venceu o leilão da rodovia, o Consórcio Way, apresentou a oferta de outorga no valor de R$ 605,3 milhões.

“Com esse leilão de sucesso, o governo consolidou um modelo e já estuda a possibilidade de inserir outras rodovias nesse modelo de investimento em concessão rodoviária. Mas, o mais importante é a percepção desse fato numa estratégia de logística”, destaca Verruck.

Segundo o governo, a estimativa de investimento é de R$ 1,7 bilhão ao longo dos 30 anos de exploração, com início de obras já em 2020. Deve ser realizados ao longo do período, investir na implantação de acostamento nos 200 km de concessão, terceira faixa em trechos, adequação de interseções e novas rotatórias, implantação de retornos e reformas de pontes e viadutos.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions