A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

09/10/2009 07:51

Corridas de táxi e mototáxi sobem a partir do dia 15

Redação

As corridas de táxi e mototáxi terão reajuste a partir do próximo dia 15 de outubro.

Conforme decreto publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), a tarifa para mototáxi será de R$ 0,80 por km rodado na bandeira 1 e de R$ 0,95 por km rodado na bandeira 2.

Nos dois casos, o aumento foi de R$ 0,10. A prefeitura manteve o valor das tarifas para os serviços de quilômetro rodado por bandeirada e pela hora parada. Os preços permaneceram em R$ 2,20 e R$ 14, respectivamente.

Já para os táxis, foram definidas as tarifas de R$ 2,20 para o km rodado na bandeira 1 e R$ 2,60 para bandeira 2. No decreto, a bandeira 2 aparece com valor de R$ 2,40. Contudo, o presidente do sindicato dos taxistas, João Santana, acredita que o valor foi publicado errado, pois já é cobrada tarifa de R$ 2,40.

Atualmente, a bandeira 1 custa R$ 2. O valor é adotado das 6h às 22h durante a semana. A bandeira 2 é cobrada das 22h às 6h nos dias de semana e das 13h de sábado às 6h de segunda-feira.

A bandeirada, no táxi comum, foi mantida em R$ 4,50. A bandeirada de táxi do aeroporto permaneceu em R$ 8,56. De acordo com o decreto, a hora parada permanece em R$ 16.

Conforme João Santana, o último reajuste foi há três anos. "O valor saiu dentro do esperado. Não vai ser nenhum sacrifício para a população", afirma. Segundo ele, peças e oficina mecânica representaram os maiores gastos.

Segundo ele, os taxímetros ainda serão aferidos pelo Inmetro e só então o reajuste será válido. Com os feriados, João Santana acredita que os novos valores sejam adotados até o dia 19. Na Capital, há 438 taxistas.

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions