ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 16º

Economia

Depois de peixe, feirantes da Rua Cuiabá vão começar a vender carne

Helio de Freitas, de Dourados | 01/07/2015 12:16
Venda de peixe na feira da Rua Cuiabá começou há um mês e agora feirantes vão comercializar também cortes e embutidos de carne bovina e suína (Foto: Chico Leite)
Venda de peixe na feira da Rua Cuiabá começou há um mês e agora feirantes vão comercializar também cortes e embutidos de carne bovina e suína (Foto: Chico Leite)

Os comerciantes da tradicional Feira Livre da Rua Cuiabá, em Dourados, a 233 km de Campo Grande, vão começar a vender carne bovina e suína depois de vários anos proibidos de comercializar produtos de derivado animal. A venda começa neste fim de semana.

No início de junho, os feirantes começaram a vender peixe e a iniciativa agradou os frequentadores da feira, que funciona todos os sábados à tarde e à noite e domingos até meio-dia.

De acordo com a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Elizabeth Salomão, a comercialização de carne começa com quatro empresas do ramo – Simental, Maipú, Mercado Santana e Indústria Real Sabor.

Segundo a prefeitura, as tendas para venda de carnes e peixes ficarão nas proximidades da 1ª Delegacia de Polícia Civil. As empresas venderão carnes resfriadas ou congeladas em cortes variados, inclusive temperadas, e linguiça.

“Tudo será feito dentro das normas da Vigilância Sanitária, inclusive com fiscalização. As empresas são registradas no Serviço de Inspeção Municipal e o produto processado no interior dos estabelecimentos, embalado, resfriado, transportado para a feira e mantido em resfriadores. Não haverá manipulação, da mesma forma que já ocorre com o peixe”, explica a secretária.

Segundo ela, os empresários estão otimistas com a comercialização na feira. Outras empresas de carnes bovina, suína, de frango e de peixes já estão se preparando para também vender na feira da Rua Cuiabá.

Nos siga no Google Notícias