A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Outubro de 2019

13/09/2019 16:28

Em MS, Bonito e Campo Grande são destinos turísticos mais visitados

Maioria que desembarcou no Estado foi de bolivianos, com 32,4%, seguido por 17,9% de paraguaios

Gabriel Neris
Movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)Movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Bonito e Campo Grande aparecem como os destinos turísticos mais visitados em Mato Grosso do Sul, de acordo com o Estudo da Demanda Turística Internacional 2018, divulgado pelo Ministério do Turismo.

O município do interior, localizado a 257 km da Capital, foi apontado por 56,5% dos turistas que desembarcaram no Estado. Campo Grande aparece com 45,5%. O percentual dos dois municípios apresentou crescimento em comparação com 2017, quando foram registrados 40,5% para Bonito e 43,7% para a Capital.

Por outro lado, Campo Grande aparece como principal destino para 63,2% dos entrevistados que chegaram a Mato Grosso do Sul para negócios, eventos e convenções. Corumbá foi o segundo colocado, com 11,6%.

A pesquisa também apontou o perfil da demanda turística no Estado. A maioria que desembarcou no Estado foi de bolivianos, com 32,4%, seguido por 17,9% de paraguaios. Também aparecem na lista norte-americanos (6,1%), alemães (6,1%), espanhóis (4,1%), portugueses (3,3%), colombianos (2,8%), chilenos (2,4%), argentinos (2,3%) e britânicos (2,3%).

Do total de entrevistados estrangeiros, 40,8% disseram vir para Mato Groso do Sul para lazer e 9,4% para negócios ou eventos. O grupo de idade de visitantes com maior percentual é o de 32 a 40 anos (25,5%), seguido por 25 a 31 anos (24,4%) e 41 a 50 anos (18,7%).

Os turistas pesquisados foram questionados sobre a avaliação positiva da viagem no Estado. A limpeza pública recebeu aval para 87,9%. Também aparecem na lista segurança pública (88,7%), serviço de táxi (89,6%), transporte público (82,4%), telecomunicações (73,5%) e sinalização turística (80,1%).

O alojamento foi aprovado por 99,4% dos entrevistados. Os outros itens citados foram rodovias (64,4%), restaurante (97,5%) e diversão noturna (84,3%).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions