A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

23/08/2017 09:18

Empresa chinesa entra na briga pela Eldorado com proposta de R$ 16 bi

Gabriel Maymone
Venda da Eldorado, em Três Lagoas, atrai empresas estrangeiras (Foto: Divulgação)Venda da Eldorado, em Três Lagoas, atrai empresas estrangeiras (Foto: Divulgação)

Mais uma empresa estrangeira entra na disputa pela Eldorado Brasil. A estatal chinesa China Paper estaria disposta a pagar quase R$ 16 bilhões por 100% da fábrica de celulose em Três Lagoas – distante 338 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, a proposta é a maior até agora, superando os R$ 15 bilhões oferecidos pela rival indonésia APP (Asia Pulp and Paper Group), que está em fase avançada de negociações.

A J&F, holding dos irmãos Joesley e Wesley Batista, que controla a Eldorado, não se pronunciou sobre a proposta.

Interesse – A primeira estrangeira a entrar no páreo foi a chilena Arauco, que ofereceu R$ 14 bilhões pela Eldorado, conseguindo assim exclusividade de 45 dias nas transações. O prazo expirou sem que os executivos decidissem bater o martelo.

Já entre as nacionais, a Fibria, que também tem uma fábrica em Três Lagoas, demonstrou interesse no negócio, mas não está disposta a pagar o mesmo valor que os asiáticos. A Fibria aposta que o valor vai cair após as estrangeiras concluirem a etapa de “due diligence” - auditoria - da Eldorado, pois a empresa teria pendências judiciais e contábeis.

Enquanto as negociações acontecem, Mato Grosso do Sul aguarda uma decisão para ver como ficará uma de suas principais commodities, a celulose. Três Lagoas já é reconhecida como a Capital da Celulose e a vinda de uma empresa estrangeira é vista com bons olhos pelo governo estadual.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions