A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/12/2013 15:25

Encontro do Sebrae movimenta R$ 2 milhões em expectativa de negócios

Bruno Chaves

Realizado durante o Congresso Sul-Mato-Grossense de Compras Públicas, o Fomenta (Encontro de oportunidades para micro e pequenas empresas nas compras governamentais) reuniu, nesta quarta-feira (4), 59 pequenos negócios, fornecedores de bens e serviços e representantes de 12 grandes empresas, entre instituições, órgãos públicos e companhias privadas, que geram mais de R$ 2 milhões em expectativa de negócios.

O Fomenta tem objetivo de aproximar compradores e fornecedores de bens e serviços, movimentando a economia regional. O evento recebeu apoio de grandes empresas instaladas no território sul-mato-grossense, órgãos públicos e pequenos negócios de diversas partes do MS e de estados vizinhos.

A Base Aérea de Campo Grande, o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, os Correios, o Exército Brasileiro, o IFMS, a Rede Econômica, o Sebrae, a Unimed, a Vale e as secretarias de Administração e Educação do Mato Grosso do Sul marcaram presença no encontro, de acordo com a assessoria.

A representante da Central de Compras da Unimed Campo Grande, Ana Paula Leme, participou pela primeira vez do evento.

“Tivemos a oportunidade de explicar às pessoas que não trabalhamos apenas com a venda de planos de saúde. Temos diversas demandas, desde materiais hospitalares até mantimentos básicos”, explicou à assessoria de imprensa.

A Base Aérea de Campo Grande também estreou no Fomenta. Para o Capitão Fagundes, do Esquadrão de Intendências, o encontro faz com que as empresas conheçam melhor a demanda dos órgãos públicos e os procedimentos para se tornarem fornecedores.

“Pedimos que estejam cadastrados no Sicaf – Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores. Repassamos as informações aos setores responsáveis em cada compra, para que realizem cotações e possam convocá-los quando houver licitação”, diz.

Já o presidente da Associação Vista para o Futuro, de Sidrolândia, Francisco Quirino dos Santos, participou de diversas rodadas de negócios. Ele contou que, desde o ano passado, depois de conhecer novos compradores, a demanda tem aumentado.

“Tivemos uma visão melhor do mercado, o que aumentou ainda mais nossa vontade de produzir. Já estamos atrás de mais associados para atender à demanda”, garantiu. A associação conta com 15 produtores rurais.

Agências têm até hoje para se credenciar para receber turistas chineses
Agências de turismo e viagens do Brasil que têm interesse em trabalhar com turistas chineses devem se habilitar junto ao Ministério do Turismo. O pr...
Receita Federal paga R$ 43 milhões no último lote do Imposto de Renda em MS
A Receita Federal paga nesta sexta-feira (15) o último lote do IRPF (Imposto sobre a Renda da Pessoa Física), de 2017, que contempla 30.300 contribui...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions