ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 28º

Economia

Estado terá R$ 2,85 bilhões para construção de 76 km de ferrovia

Trecho será entre as cidades de Maracaju e Dourados

Por Lucia Morel | 02/09/2021 18:56
Trecho da Malha Oeste, em Mato Grosso do Sul. (Foto: Semagro)
Trecho da Malha Oeste, em Mato Grosso do Sul. (Foto: Semagro)

Mato Grosso do Sul terá R$ 2,85 bilhões do Governo Federal para instalação de 76 Km de ferrovia entre as cidades de Maracaju e Dourados. O anúncio foi feito em Brasília durante o lançamento do Pro Trilhos, que é o Programa de Autorizações Ferroviárias, garantido por Medida Provisória editada no fim do mês passado.

No evento, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), sustentou que “acredito que é um avanço ao Brasil fazer o arrendamento de trechos ferroviários. Para Mato Grosso do Sul acredito ser muito benéfica”, ressaltando que a MP vai permitir o transporte de cargas a um custo menor.

Também em Brasília, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, disse que há ainda a possibilidade de criar novos ramais, citando indústrias de celulose de Mato Grosso do Sul.

“Eu fico feliz de ver o desenvolvimento ferroviário que teremos nos próximos anos. Essas primeiras autorizações vão impulsionar outras. Quem é que não vai querer fazer a logística de celulose de Ribas do Rio Pardo ou de Três Lagoas para o Porto de Santos de trem?”.

Ainda em MS, com a saída da Rumo, nova licitação será aberta para a concessão da Malha Oeste. A seleção deve acontecer até novembro de 2022, conforme anunciado em junho pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Tradicionalmente conhecida como Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, a ferrovia teve grande impacto no desenvolvimento de Campo Grande como o principal polo do, então, Mato Grosso unificado, no início do século passado. Além disso, foi a porta de entrada de vários grupos de imigrantes na cidade.

Nos siga no Google Notícias