A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/03/2012 14:58

Fábrica indicada por ministra deve gerar 300 novos empregos na Capital

Wendell Reis

Prefeitura vai investir na qualificação de profissionais para atuar na empresa

Em meio à cerimônia, o governador recebeu um telefonema do secretário Carlos Marun e pediu para ele agradecer a indicação de Gleisi Hoffmann (Foto: Pedro Peralta)Em meio à cerimônia, o governador recebeu um telefonema do secretário Carlos Marun e pediu para ele agradecer a indicação de Gleisi Hoffmann (Foto: Pedro Peralta)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), acompanhado do governador André Puccinelli (PMDB), assinou na manhã desta sexta-feira (23) contrato para a instalação da empresa Uninter em Campo Grande. A indicação de Mato Grosso do Sul para a instalação da empresa foi feita pela ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que já foi secretária de Governo no Estado.

A expectativa é de que a empresa, gere 300 empregos diretos em Campo Grade e produza 350 mil aparelhos entre tablet, notebook e netbook, com a expectativa de ficar entre as dez maiores fabricantes do País. O diretor executivo do grupo, Edmilson Picler, explicou que a empresa atua na educação, tem 140 mil alunos no País e agora decidiu investir na produção de eletrônicos, com o desafio de transformar tecnologia em algo acessível para todos.

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, lembrou que o Município já começa a capacitar mão-de-obra para atender a demanda da empresa, desejando que a empresa tenha um território fértil para desenvolvimento e aperfeiçoamento. “Teremos orgulho de ter um produto com a marca made in Campo Grande.

O prefeito lembrou ainda do desenvolvimento do setor industrial em Campo Grande na sua administração. “Demos um salto na questão industrial, que era a terceira economia da cidade e hoje é a segunda. Superou o agronegócio... Digo hoje que é o segundo ramo da economia, perdendo só para serviços. É importante para geração de emprego, desenvolvimento. Ter uma economia forte, ligada a esta questão. Normalmente as questões climáticas adversas como a Aftosa pode afetar a economia do agronegócio, já a da indústria não. Ela tem uma desenvoltura mais própria. A gente está muito feliz”, declarou.

O governador André Puccinelli se recordou da parceria entre a Prefeitura de Campo Grande, a Fiems (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul) e a Câmara de Dirigentes Lojistas, ainda em 1999, que possibilitou a mudança da legislação da Capital, garantindo por meio de diversos incentivos, a instalação de indústrias em Mato Grosso do Sul.

Puccinelli também falou da parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado, lembrando da parceria entre os secretários de desenvolvimento do Estado e Município, Tereza Cristina e Edil Alquerque, respectivamente, para garantir a instalação de indústrias em Mato Grosso do Sul.

O vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento, Edil Albuquerque, lembra que a tendência é de que cada aluno no País tenha um tablet, exemplificando a importância do investimento. Edil ressalta que entre os incentivos para garantir a instalação de novas empresas em Campo Grande está a isenção de IPTU, ISS da construção e doação de terreno.

Segundo o secretário, a empresa Uninter deve montar um barracão no mês de abril para iniciar o processo de formação dos funcionários, até que a fábrica seja instalada, em novembro. O secretário destaca ainda que a Prefeitura também investe nas empresas que já atuam na Capital. Como exemplo, cita a empresa Brasráfia, que fabrica sacos. Nesta manhã a empresa, que atuava em um terreno pequeno na Capital, inaugurou um novo prédio, moderno e com novos equipamentos.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


Otima iniciativa.
 
JOSÉ Roberto em 27/03/2012 06:11:05
Tardou mas não veio a falhar.. A consciência que só boi e agricultura é o que rege o estado tem mesmo de ficar pra trás... É hora de ver que o carro chefe da economia está na indústria de transformação.
Agora sim, MS rumo ao desenvolvimento!
 
Wellington Sampaio em 24/03/2012 12:32:42
Grande salto está dando o setor industrial de MS, com os incentivos e principalmente a responsabilidade política de quem vé no pedido de instalação de uma industria, o desenvolvimento de um povo com melhor qualidade no emprego e salário. Soja e boi, não desenvolve tanto quanto a indústria. Depois da adequação do aeroporto internacional de cargas, muitas outras virão. Parabéns aos políticos sérios.
 
Valter antunes de Oliveira em 24/03/2012 10:48:01
PARABENS A NOSSA FACULDADE UNINTER POR SER PREUCUPAR COM O DESENVOLVIMENTO SOCIAL NA GERAÇÃO DE EMPREGOS NA NOSSA CIDADE .NÓS ACADEMICOS , FICAMOS ORGULHOSOS COM ISSO .
 
claudio salina em 24/03/2012 08:33:46
Será que nossos governantes estão abrindo os olhos finalmente?
Só falta reduzirem a carga tributária no estado e chega só de boi né!!!!
 
Oswaldo Benites Junior em 23/03/2012 05:56:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions