A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Abril de 2017

28/03/2017 16:12

Franquias em MS faturam R$ 670 milhões e crescem 10% em 2016

Ricardo Campos Jr.
Walaci Martines investiu em rede de lavagem veicular a domicílio (Foto: Marcos Ermínio)Walaci Martines investiu em rede de lavagem veicular a domicílio (Foto: Marcos Ermínio)

Mato Grosso Sul teve aumento de 10,4% na quantidade de estabelecimentos comerciais ligados a franquias em 2016 em comparação com o ano anterior. Segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), o segmento no estado aumentou em 7,8% seu faturamento, alcançando a marca de R$ 670 milhões.

Em todo o país, os ramos que mais cresceram foram saúde, beleza e bem estar (aumento de 15% na quantidade de unidades); serviços automotivos (11,6%) e moda (10,4%).

“O segmento de saúde está em crescimento há alguns anos. Não vemos apenas como uma tendência do momento, mas uma tendência de crescimento. Cada vez mais as pessoas estão se preocupando com beleza, saúde e com isso têm investido sempre”, afirma a diretora regional da ABF na região Centro-Oeste, Cláudia Vobeto.

Segundo ela, o sucesso do setor se deve principalmente às clínicas que prestam atendimentos variados e academias, que se enquadram nesse grupo.

“Antigamente nós falávamos que o 'pão francês' nunca deixaria de ser um bom negócio porque as pessoas nunca deixariam de comer, mas hoje em dia é o contrário: as pessoas deixam de consumir tanto os alimentos, mas precisam estar sempre com a saúde em dia”, brinca a gestora.

Fabiane acredita que franquia na área da saúde garante segurança não só gerencial, mas também ao paciente (Foto: André Bittar)Fabiane acredita que franquia na área da saúde garante segurança não só gerencial, mas também ao paciente (Foto: André Bittar)

Exemplo – Foi pensando nessa e em outras premissas ligadas ao ramo da saúde que Fabiane Biazzi decidiu abrir uma unidade da Doutor Hernia na Capital. O local oferece atendimento específico para a coluna com método próprio. O franchising despertou a atenção da empresária pelo suporte oferecido pela matriz.

“Quando se trata de franquias, acredito ser uma segurança inclusive para os pacientes por ter um respaldo, um histórico, garantia de resultado, estudos”, afirma. “Eu, como empreendora, vejo que é um caminho seguro, apesar da crise que nós estamos vivenciando, apesar dos problemas que o Brasil está enfrentando"

Fabiane acredita que o mercado de franquias ligadas à saúde deve crescer em Campo Grande, mas aconselha a avaliar qual o suporte dado pela empresa antes de decidir em qual delas investir.

“Eu já trabalhei em outras franquias na área da estética, que exigiam muito e faziam pouco. Aqui é diferente. A Doutor Hérnia dá um apoio tanto da parte dos pacientes, da qualidade, de mídias, eles dão um suporte muito grande. Isso que me deu segurança e eu vi como vantagem”, conta a empresária.

Todos os produtos usados na limpeza na empresa de Walaci são fornecidos pela matrizTodos os produtos usados na limpeza na empresa de Walaci são fornecidos pela matriz

Diferencial - Walaci Martines Ojeda optou em investir em franquia relacionada ao segmento automotivo, o segundo que mais cresceu no país durante o último ano. Ele é dono de uma unidade da Acquazero na Capital, que oferece basicamente um serviço a domicílio de lavagem ecológica, usando produtos específicos diluídos em 30ml de água, apenas. Até as flanelas são fornecidas pela matriz.

“Primeiramente, eu e minha esposa havíamos estudado uma possibilidade de abrir um negócio próprio. A franquia nos apresenta um negócio pronto. Ou seja, já teve seus altos e baixo, fez seus testes de produto e mercado. Ela vai te dar um know how para trabalhar sem ter um grande risco de quebrar por causa disso. Já é um negócio consolidado. Nós só temos que trabalhar na cidade que escolhemos”, conta o empresário.

O casal trabalhava na área privada antes de decidir empreender. Na opinião dele, depois de decidir pelo franchising, é preciso escolher uma área não apenas pelo potencial lucrativo, mas levando em consideração os projetos pessoais de quem investe.

“Tem que ser algo compatível com você, que vá te trazer satisfação. Eu, por exemplo, mantenho meu carro limpo e organizado. Eu via a empresa compatível com meu gosto. Vale a pena, mas tem que ser muito estudado. Se o dono está satisfeito, os seus clientes vão perceber”, pontua.

Reflexo – A explicação para o sucesso do ramo automotivo é bastante simples, segundo Claudia Vobeto. Em épocas de crise, quando a população dificilmente consegue comprar carros mais novos, acaba optando em melhorar os que já estão usando, prática conhecida como “efeito batom”.

“Ela conserta, troca equipamentos, melhora as condições do veículo que ela possui”, afirma a diretora da ABF no Centro-Oeste.

Shopping terá atendimento gratuito para quem ainda não declarou imposto
Contribuintes que ainda não declararam o Imposto de Renda poderão obter ajuda de graça nesta sexta-feira (21) e sábado (22) na praça central do shopp...
Pelo terceiro dia consecutivo dólar sobe e fecha cotado a R$ 3,15
Com uma alta de 0,32% o dólar comercial fechou cotado nesta quinta-feira (20), cotado a R$ 3,157 na venda. Esse é o terceiro avanço seguido da semana...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions