ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
DEZEMBRO, SEGUNDA  11    CAMPO GRANDE 25º

Economia

Fundação defende estado de emergência em MS contra praga da soja

Vinícius Squinelo | 28/11/2013 22:32

A Fundação Chapadão, especializada em agronegócio no Estado, confirmou a presença de Helicoverpa armigera na região de Chapadão do Sul. Trata-se de uma lagarta que tem surpreendido produtores e pesquisadores pelo seu poder de destruição, causando prejuízos principalmente às lavouras de milho, soja e algodão.

Com base no laudo, a Fundação Chapadão orienta os produtores, consultores e empresas que comercializam defensivos, para a importância no combate à lagarta.

Na segunda-feira (25), em reunião na Seprotur (Secretaria de Produção e Turismo), convocada pela então secretária Teresa Cristina, o diretor da Fundação Chapadão, Edson Borges, fez um relato da situação, mostrando em números a atual situação e mostrou da importância do Estado de Mato Grosso do Sul decretar estado de emergência.

Ao mesmo tempo, Edson afirmou que a situação hoje, em função das medidas adotadas, está sobre controle, porém a grande preocupação e com a soja já fase reprodutiva, momento que os danos causados são diretos, pois esta é uma praga que predominantemente ataca nesta fase.

Nos siga no Google Notícias