ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 28º

Economia

Fundação defende estado de emergência em MS contra praga da soja

Por Vinícius Squinelo | 28/11/2013 22:32

A Fundação Chapadão, especializada em agronegócio no Estado, confirmou a presença de Helicoverpa armigera na região de Chapadão do Sul. Trata-se de uma lagarta que tem surpreendido produtores e pesquisadores pelo seu poder de destruição, causando prejuízos principalmente às lavouras de milho, soja e algodão.

Com base no laudo, a Fundação Chapadão orienta os produtores, consultores e empresas que comercializam defensivos, para a importância no combate à lagarta.

Na segunda-feira (25), em reunião na Seprotur (Secretaria de Produção e Turismo), convocada pela então secretária Teresa Cristina, o diretor da Fundação Chapadão, Edson Borges, fez um relato da situação, mostrando em números a atual situação e mostrou da importância do Estado de Mato Grosso do Sul decretar estado de emergência.

Ao mesmo tempo, Edson afirmou que a situação hoje, em função das medidas adotadas, está sobre controle, porém a grande preocupação e com a soja já fase reprodutiva, momento que os danos causados são diretos, pois esta é uma praga que predominantemente ataca nesta fase.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário