A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

14/05/2018 11:23

Gás de cozinha volta a subir e produto mais caro chega a R$ 78 na Capital

Preço máximo aumentou cinco reais em relação à pesquisa anterior feita pela ANP.

Ricardo Campos Jr.
No estado, produto mais em conta continua custando R$ 58 e pode ser achado em Três Lagoas. Já o mais caro sai por R$ 90 em Corumbá.(Foto: André Bittar/arquivo)No estado, produto mais em conta continua custando R$ 58 e pode ser achado em Três Lagoas. Já o mais caro sai por R$ 90 em Corumbá.(Foto: André Bittar/arquivo)

O preço do gás de cozinha voltou a subir em Campo Grande na semana passada e o botijão mais caro na cidade chegou a R$ 78 na pesquisa feita pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível).

Técnicos do órgão anotaram os preços de 115 distribuidoras em Mato Grosso do Sul, das quais 55 estavam em Campo Grande, entre os dias 6 e 12 de maio.

O valor médio do produto na capital teve uma pequena queda de 0,10% e fechou em R$ 71,40. Contudo, o preço mais alto subiu R$ 5 em relação ao levantamento anterior, quando havia sido achado por, no máximo, R$ 73.

Não houve alteração no botijão mais barato, que desde o dia 15 de abril está custando R$ 69 na cidade.

A nível estadual não houve alterações significativas no preço do gás de cozinha. O preço médio apurado em Mato Grosso do Sul pela ANP foi de R$ 72,92 com redução de apenas um real em relação à pesquisa anterior.

O produto mais em conta continua custando R$ 58 e pode ser achado em Três Lagoas. Já o mais caro sai por R$ 90 em Corumbá.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions