A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

28/01/2015 15:56

Gasolina faz preço disparar e etanol custa até R$ 2,29 na Capital

Liana Feitosa
Segundo o Sinpetro/MS, é natural que o álcool fique mais caro quando há reajuste no valor da gasolina.Segundo o Sinpetro/MS, é natural que o álcool fique mais caro quando há reajuste no valor da gasolina.

O consumidor que pode optar por abastecer o carro com etanol não vai escapar da alta nos preços. Geralmente escolhido quando o valor da gasolina está "salgado", o biocombustível também está em alta. O litro do etanol chega a custar R$ 2,29 na Capital.

Segundo o Sinpetro/MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul), é natural que o álcool fique mais caro quando há reajuste no valor da gasolina.

"Essa variação é normal, até porque 25% da gasolina é composta de etanol, por isso, quando o preço da gasolina sobe, o preço do álcool pode sofrer variação também", explica o sindicato.

De olho na bomba - A vendedora Danielle Carneiro, de 26 anos, foi pega de surpresa. Acostumada com o valor acessível do etanol, ela sempre escolhe essa opção na hora de abastecer. No entanto, ao parar para completar o tanque hoje (28), ela só se deu conta de que o biocombustível não estava compensando quando o reservatório já estava quase cheio.

"Se o álcool ficar com esse preço e a gasolina também continuar cara, vai compensar voltar a usar gasolina", avalia. No posto de combustíveis onde Danielle abasteceu o litro do etanol é comercializado a R$ 2,29 e, a gasolina, a R$ 3,04.

Para o auxiliar administrativo Alan Santos, de 25 anos, o aumento nos preços dos combustíveis interfere na renda do brasileiro. "Esses aumentos afetam muito nosso bolso, sem contar que já tem o financiamento do carro pra pagar. Por isso, manter um carro fica ainda mais caro", analisa.

Prejuízo geral - O autônomo Francisco da Silva manifesta opinião parecida. Para ele, reajustes nos combustíveis geram uma cadeia de aumentos. "Tudo está interligado, tudo influencia em tudo. Por isso, as pessoas acabam economizando o que não tem e têm medo de gastar. Percebo isso com meus clientes, está difícil fechar negócios", desabafa.

Na tentativa de driblar o prejuízo, o aposentado Orlando Siqueira fica de olho em postos com preços mais acessíveis. Além disso, ele prioriza abastecer com álcool se o biocombustível estiver mais em conta, alternativa optada por ele hoje, em um posto do centro da cidade.

O que compensa - O aposentado recorre àquela conhecida continha: dividir o preço do álcool pelo da gasolina. Se o resultado for menor que 0,70, significa que o preço do etanol é inferior a 70% do preço da gasolina, então, vale a pena optar pelo biocombustível.

"Observo sempre os postos movimentados nos meus trajetos para sempre escolher o que tem o melhor preço. Mas também não escolho qualquer lugar. É preciso cuidar com combustível de qualidade ruim porque o barato pode sair caro", alerta o aposentado.

Nesta tarde, o Campo Grande News percorreu quatro postos de combustíveis da Capital. Desses, dois estabelecimentos comercializam o etanol a R$ 2,29, um vende a R$ 2,19 e, outro, a R$ 1,99. Sendo assim, a dica de Orlando pode fazer a diferença: "não vale a pena abastecer no primeiro posto que você vê. É importante ficar de olho nos postos que estão no caminho", finaliza.

Agências do BB abrirão uma hora mais cedo para saques do Pasep
As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais c...
Águas Guariroba consta pela 2ª vez entre 150 melhores para se trabalhar no País
Pela segunda vez, a concessionária Águas Guariroba, responsável pelo saneamento básico em Campo Grande, está relacionada entre as 150 melhores  empre...



Me desculpe o pessoal do Sinpetro, mas se é natural o aumento do etanol junto ao da gasolina, não há por que termos etanol como opção, a não ser que haja uma crise mundial de gasolina, aí sim é viavel, mas se o aumento de um acompanhar o do outro, nunca vai ser vantagem abastecer com etanol. Quem mandou votar na peste da Dilma, ela vai querer que nós, cidadãos honestos, tenhamos que tirar a Petrobras do buraco onde o PT enfiou, isso não é correto.
 
Max em 28/01/2015 16:50:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions