A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

15/02/2017 10:02

Gestora americana faz nova oferta ao BNDES para comprar usina de Bumlai

Administradora de fundos norte-americanos propôs quitar dívida que São Fernando tem com o banco e parcelar o restante

Helio de Freitas, de Dourados
Usina São Fernando, localizada em Dourados (Foto: Arquivo)Usina São Fernando, localizada em Dourados (Foto: Arquivo)

A gestora americana de fundos Amerra fez uma nova proposta para comprar a Usina São Fernando, localizada em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, e pertencente aos filhos do empresário José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Lula e condenado na Operação Lava Jato.

De acordo com o jornal Valor Econômico, a Amerra fez uma nova proposta ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), um dos principais credores da empresa. Propôs quitar a dívida em atraso que a usina de açúcar e etanol tem com o banco e parcelar o restante a pagar, quase R$ 270 milhões, por 17 anos pela TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo TJLP).

A usina da família Bumlai tem dívida de pelo menos R$ 1,5 bilhão e enfrenta vários pedidos de falência, inclusive do próprio BNDES. Na semana passada, a Justiça de Mato Grosso do Sul marcou nova data para realizar a assembleia geral de credores da empresa e tentar aprovar o plano de recuperação judicial.

O juiz da 5ª Vara Cível de Dourados, Jonas Hass Silva Junior, marcou para o dia 9 de março a assembleia. Caso não aconteça nessa data, será adiada para 16 de março. Essa é a terceira vez que a Justiça marca data para a assembleia, pois nas outras o próprio Tribunal de Justiça de MS suspendeu a pedido de um dos credores, o BNP Paribas.

Amerra – Uma fonte do Valor Econômico, que acompanha as negociações, informou que a proposta da gestora americana foi apresentada após o banco negar a oferta anterior, que não contemplava a quitação dos valores em atraso – cerca de R$ 30 milhões.

A proposta inclui o pagamento de aproximadamente R$ 50 milhões que a usina tem em atraso com o Banco do Brasil e mais R$ 50 milhões referente à primeira parcela renegociada com os demais credores. A Amerra também se compromete a investir R$ 50 milhões para plantar cana-de-açúcar no primeiro ano.

Conforme o jornal paulistano, apesar do avanço das negociações, a transação deve demorar e depende de todos os credores da usina. O BNDES informou que avalia todas as propostas apresentadas, mas não vai se manifestar sobre elas.

Na assembleia do dia 9, os controladores da São Fernando pretendem aprovar a constituição de uma unidade produtiva isolada (UPI) a ser leiloada judicialmente. Até o momento, apenas a Amerra formalizou proposta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions