A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

08/02/2017 10:11

Justiça marca nova data para aprovar recuperação da usina de Bumlai

Priscilla Peres
Polícia Federal deixa usina após cumprir mandado de busca, em novembro de 2015. (Foto: Eliel Oliveira/Arquivo)Polícia Federal deixa usina após cumprir mandado de busca, em novembro de 2015. (Foto: Eliel Oliveira/Arquivo)

A briga judicial da Usina São Fernando para aprovar o plano de recuperação e evitar a falência, tem mais uma etapa marcada para março. A Justiça de Mato Grosso do Sul marcou nova data para realizar a assembleia geral de credores da empresa localizada em Dourados - distante 233 km de Campo Grande, e pertencente a família do pecuarista José Carlos Bumlai.

A 5ª Vara Cível da Comarca de Dourados, marcou para o dia 9 de março a assembleia. Caso não aconteça nessa data, será adiada para 16 de março. Essa é a terceira vez que a Justiça marca data para a assembleia, pois nas outras duas o próprio TJ/MS (tribunal de Justiça) suspendeu devido ao pedido de falência requerido por um dos credores.

De acordo com a EXM Partners, assessora do Grupo São Fernando no processo de reestruturação, a assembleia deve acontecer no Cerrado Brasil, localizado na Avenida Albino Sotolani, nº. 2480, em Dourados/MS.

A usina tem uma dívida de pelo menos R$ 1,5 bilhão e está em um entrave judicial. A administração tenta aprovar o plano de recuperação judicial enquanto credores pedem a falência, alegando falta de condições financeiras para pagar suas dívidas.

O entrave atrapalha também os planos da São Fernando de vender a usina para a gestora americana Amerrra, que fez uma proposta de adquirir a planta e assumir o endividamento entre R$ 950 milhões e R$ 1 bilhão. Além deles, o o grupo Cevital, maior companhia privada da Argélia, já demonstrou interesse em adquirir a empresa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions