A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/01/2008 10:35

Governo federal pretende implantar mercados populares

Redação

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) quer criar quatro mercados populares volantes em 2008. O mercado popular vai vender alimentos e produtos de limpeza e higiene a um preço abaixo da média de mercado. O público são famílias com orçamento abaixo de R$ 120,00.

No Brasil já existem projetos semelhantes em alguns municípios. Belo Horizonte, Distrito Federal e Curitiba são cidades que já desenvolvem a prática de maneira independente. A novidade agora é que o governo federal vai financiar a maior parte do custo para se implementar um mercado popular.

Segundo Crispim Moreira, diretor da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, serão firmados convênios com estados e municípios para a criação dos mercados.

"Nós [o governo federal] temos disposição de destinar 80% do custo dos mercados com recurso federal. Os nossos parceiros, o estado ou município, compareceriam com 20%. Nós teremos recursos para compra de equipamento, material permanente e também para a compra de produtos da agricultura familiar. Os municípios ou estados entrariam com a manutenção", afirmou.

Segundo Moreira, os quatro mercados populares a serem instalados ainda este ano estariam localizados em dois municípios. Ainda não há definição sobre quais serão. O valor total destinado pelo governo federal será de R$ 900 mil, uma média de R$ 225 mil por unidade.

O MDS quer vender de 15 a 20 itens nos mercados populares. A preferência será dada aos produtos que mais pressionam o orçamento familiar, como arroz, feijão, óleo, café e carnes. Os demais produtos serão escolhidos de acordo com a realidade regional.

"A idéia é que os municípios possam prestar este serviço público de forma auto-sustentável, com custo zero, porque eles não têm necessidade de agregar lucro ou valor após a compra dos produtos", ponderou Moreira.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions