ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  03    CAMPO GRANDE 30º

Economia

Governo lança programa para estimular geração de 27 mil empregos em MS

Evento está marcado para a tarde desta terça-feira, em Três Lagoas

Por Gabriel Neris | 24/05/2022 11:26
Floresta de eucalipto em Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação)
Floresta de eucalipto em Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação)

O governo do Estado lança nesta terça-feira em Três Lagoas, a 338 km de Campo Grande, o Profloresta (Plano Estadual de Desenvolvimento Sustentável de Florestas de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o Executivo, o setor é responsável pela geração de 27,2 mil empregos, sendo 14,9 mil diretos e outros 12,3 mil indiretos.

Somente no ano passado foram gerados mais de 6,2 mil empregos a mais em comparação com o ano anterior. O crescimento deve seguir nos próximos com investimentos já em curso, como o da nova fábrica de celuloses da Suzano em Ribas do Rio Pardo, a 90 km da Capital, no valor de R$ 14,7 bilhões, tornando-se a maior planta industrial de celulose do mundo, com 2,55 milhões toneladas ao ano.

Mato Grosso do Sul conta atualmente com três fábricas de celulose instaladas e em operação em Três Lagoas, sendo uma da Eldorado Brasil, com capacidade de produção de 1,8 milhão de toneladas de celulose por ano, e duas da Suzano, que produzem 3,25 milhões de toneladas por ano.

Levantamento da Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) aponta que, na última década, as áreas de florestas plantadas com eucalipto e seringueira em Mato Grosso do Sul cresceram a taxas anuais de 14% e 18%, respectivamente.

Atualmente, Três lagoas é principal polo industrial do setor, com mais de 400 empresas no distrito industrial. O município tem mais de 10 mil empregos diretos gerados pela indústria. O município é o primeiro no ranking nacional de florestas plantadas, com 263 mil hectares.

Nos siga no Google Notícias