A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/08/2008 09:46

Inauguração de loja favorece movimento da concorrência

Redação

A inauguração do supermercado Wal-Mart em Campo Grande, na quinta-feira, foi a demonstração de quanto o consumidor campo-grandense está disposto a gastar. No dia da abertura, por exemplo, até a concorrência registrou números surpreendentes de faturamento.

O Extra, por exemplo, vendeu 73% mais que em dias comuns, só recebendo os consumidores que não conseguiram entrar no Wal-Mart,ou que já encontraram as prateleiras vazias quando entraram.

Na noite de ontem, o estoque da rede norte-americana estava visivelmente desfalcado. Sem televisores, ferramentas, computadores e com filas quilométricas nos caixas. A cena era de carrinhos lotados, um deles com 20 computadores. "Vou montar uma lan house", disse um cliente, sem se identificar.

Tanto consumo é a demonstração do quanto o setor está em franco crescimento em Campo Grande. A previsão da Abras (Associação Brasileira de Supermercados) é de que o ano feche em 8% de avanço em relação a 2007. Somente no mês de junho, o setor supermercadista cresceu 10,43%.

A rede Pão de Açucar, uma das maiores do País, assumiu que irá investir na capital, após estudo que comprovou o mercado próspero na região, mas não confirmou detalhes, como área comprada ou quantia investida. Por enquanto, o grupo anuncia apenas uma reforma no Extra, que também é controlado pelo Pão de Açucar.

Para o presidente da Amas (Associação de Supermercados de Mato Grosso do Sul), Adeilton do Padro, o

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions