A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/06/2012 11:00

Indústria abre 7,4 mil vagas de trabalho no ano em MS, aponta Fiems

Gabriel Neris

Levantamento aponta abertura de 7,4 mil novas vagas em MS (Foto: Divulgação)Levantamento aponta abertura de 7,4 mil novas vagas em MS (Foto: Divulgação)

Composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, o setor industrial de Mato Grosso do Sul abriu de janeiro a maio deste ano, 7.462 novos postos formais de trabalho, de acordo com levantamento do

A Fiems (Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul) divulgou hoje os dados do Radar Industrial, apontado que, de janeiro a maio, o setor criou 7.462 vagas. O cálculo da Fiems não considera apenas as vagas das indústrias de transformação, mas também abarca o setor de extrativismo, da construção civil e de serviços de utilidade pública, que nos dados oficiais do Ministério do Trabalho, aparecem separados da indústira.

Conforme os dados da Fiems, no período, a indústria transformação criou 4.359 vagas, enquanto a indústria da construção civil criou 2.809 vagas.

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, ao comentar os dados, é o quarto maior gerador de emprego no país, ficando à frente de Minas Gerais, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro.

Ainda conforme os dados, a indústria manteve no mês de maio a participação sobre o saldo total de empregos formais criados em no estado. Somente no mês de maio, o segmento industrial gerou 1.369 postos formais de trabalho, correspondendo a 42,5% do total de novos empregos criados em Mato Grosso do Sul.

Com o saldo obtido no mês de maio, o estado atingiu a marca de 604.750 postos formais de trabalho, indicando uma elevação equivalente a 4,49% sobre o estoque total verificado ao fim do ano passado. Na mesma comparação, o estoque por segmento econômico passou a ser de 161.701 postos formais de trabalho no setor de serviços, 133.975 empregos na administração pública, 129.535 na indústria, 114.028 no comércio e 65.511 na agropecuária.

Com o saldo acumulado em maio deste ano, a indústria alcançou um estoque total de 129.535 postos formais de trabalho no estado, mantendo a parcela de 21% de todo o emprego formal existente, atrás somente dos serviços e da administração pública, com um total de 161.701 e 133.975 empregos formais, respectivamente.

Índice de Evolução - Com relação ao Índice de Evolução do Emprego Formal na Indústria, o segmento industrial, na posição verificada no mês de maio, foi de 189,7 pontos, indicando crescimento de 90% sobre o estoque do ano base de 2005, quando o setor tinha 68.269 trabalhadores.

Na mesma comparação, o setor de serviços apresentou um índice de 162,1 pontos e crescimento de 62%,o comércio com 142,4 pontos, a agropecuária com 119,3 pontos e administração pública com 115,3 pontos. No caso do emprego formal total em Mato Grosso do Sul, o índice de evolução alcançou a marca de 144,3 pontos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions