A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/09/2009 08:42

Missão vai à Europa buscar pólo cerâmico no Centro-Oeste

Redação

O projeto de criar um pólo industrial cerâmico no Centro-Oeste levou uma missão empresarial de Mato Grosso do Sul à Europa.

Além de integrantes da Fiems (Federação das Indústrias de MS), o vice-prefeito e secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, de Ciência e Tecnologia do Agronegócio, Edil Albuquerque (PMDB), também viajou em busca de tecnologia, informação e conhecimento.

Integra ainda o grupo o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS, Luís Cláudio Sabedotti Fornari. Todos contam com a assessoria do superintendente do Banco do Brasil em Lisboa, Caio Neves, que já atuou em Mato Grosso do Sul.

"Chegou a hora da cerâmica também ser uma atividade econômica forte, pois a região norte do Estado tem um potencial muito grande graças à reserva de argila localizada no subsolo do município de Rio Verde de Mato Grosso", observou o presidente da Fiems, Sérgio Longen.

Ele destaca que Mato Grosso do Sul tem um mercado promissor para o setor cerâmico com a proximidade do Paraguai e da Bolívia, além de oferecer uma política fiscal adequada e a infra-estrutura.

Longen diz que a idéia da missão empresarial a Portugal, Espanha e Itália, países conhecidos pelo know how cerâmico mundial, é obter o máximo de conhecimento possível nesse setor para introduzi-lo em Mato Grosso do Sul, consolidando a atividade econômica.

O grupo visitou nesta sexta-feira, nas cidades portuguesas de Coimbra e Águeda, o CTCV (Centro Tecnológico de Cerâmica e Vidro de Portugal).

Ainda em Coimbra, eles foram até a empresa de cerâmica técnica TE and M

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions