ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, TERÇA  22    CAMPO GRANDE 19º

Economia

MS abre ciclo com praticamente metade da safra da soja comercializada

Aprosoja estima aumento de área plantada de 7,5%, passando para 3.645 milhões de hectares

Por Gabriel Neris | 15/09/2020 13:51
Máquina faz colheita em área de plantio de soja em MS (Foto: Tony Oliveira/CNA)
Máquina faz colheita em área de plantio de soja em MS (Foto: Tony Oliveira/CNA)

O vazio sanitário da soja chegou ao fim em Mato Grosso do Sul e a semeadura da safra 2020/2021 fica liberada a partir de quarta-feira (16). O ciclo prevê novo recorde de produção, com 45% já comercializados.

A Aprosoja (Associação Estadual dos Produtores de Soja e Milho) estima aumento de área plantada de 7,5%, passando para 3.645 milhões de hectares.

O Siga (Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio) estima aumento de 2,3% no volume de produção de grãos, passando para 11.591 milhões de toneladas na próxima safra, com 53 sacas por hectare.

Segundo a Aprosoja, o preço médio futuro para março de 2021 é de R$ 106,33 enquanto para maio é de R$ 107,71. O custo de produção total 2020/2021 teve em média aumento de 6% em relação ao custo da safra anterior.

Segundo a entidade, a elevação dos preços de insumos ocorreu principalmente pela desvalorização do real em relação ao dólar. A China é responsável por 70% da exportação da soja do Estado.