A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/11/2008 18:56

MS exporta 1,4 ton de pescado por semana via aérea

Redação

Cerca de 1,4 toneladas de costelinhas de pacu, filés frescos e congelados de pintado e tilápias deixam o Estado semanalmente rumo aos Estados Unidos e à Alemanha, via aérea. A informação é da Superintendência Federal de Agricultura no Estado (SFA/MS).

As exportações começaram no final de outubro, conforme o fiscal federal agropecuário João Hilário Pires, chefe da Unidade de Vigilância Agropecuária Internacional da Superintendência Federal de Agricultura no Estado (SFA/MS).

O pescado é criado em pisciculturas sul-mato-grossenses e processado em uma indústria localizada no município de Itaporã, 216 quilômetros da capital, região que abriga o maior pólo aquícola do Estado.

De acordo com a SFA/MS, a produção de peixes em cativeiro no Estado contribui com 62% dos filés de tilápias e pintados exportados para o mercado americano e europeu, segundo dados do Sistema de Gerenciamento do Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura (MAPA).

Os embarques de pescado são acompanhados do Certificado Sanitário Internacional (CSI), emitido pelos fiscais do MAPA e é um documento obrigatório em todas as operações de importação e exportação de produtos e sub-produtos de origem animal e vegetal.

No último balanço das exportações e vendas internas de pescados frescos, divulgado no mês de maio pelo Setor de Pescados da SFA, Mato Grosso do Sul exportou em 2007 mais de 181 toneladas de filés (tilápias e pintados) para o mercado americano.

No mesmo período, a União Européia importou do Estado mais de 20 toneladas de filés. O mercado interno, principalmente do Rio de Janeiro e São Paulo absorveram durante o ano passado pouco mais de 505 toneladas de peixes processados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions