A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

18/05/2018 16:52

MS fecha abril com saldo de 1.588 novos empregos, aponta Caged

Com o resultado, Estado ocupa a 12ª posição no ranking dos estados da federação que mais geraram emprego no mês passado

Guilherme Henri
Comércio de Campo Grande é um dos setores acompanhados pelo Caged (Foto: Fernando Antunes)Comércio de Campo Grande é um dos setores acompanhados pelo Caged (Foto: Fernando Antunes)

Mato Grosso do Sul fechou abril com saldo positivo no mercado de trabalho. Entre contratações e demissões, o Estado terminou o mês com 1.588 empregos, mostra o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgado na tarde desta sexta-feira (18) pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

Com o resultado, Mato Grosso do Sul ocupa a 12ª posição no ranking dos estados da federação que mais geraram emprego em abril. Isso faz com o Estado volte a respirar no mercado de trabalho, já que em março, as empresas instaladas em Mato Grosso do Sul contrataram 20.126 e demitiram 20.772 trabalhadores. Com isso, foram extintos 646 postos de trabalho.

No total, em abril as empresas contrataram 20.532 e demitiram 18.944 trabalhadores no mês passado. Com isso, foram criados 1.588 postos de trabalho.

Das oito atividades econômicas consideradas na pesquisa, uma demitiu mais que contratou em Mato Grosso do Sul. A construção civil admitiu 1.440 e desligou 1.506 empregados, resultando em -66 empregos.

Por município, entre os 14 monitorados cinco terminaram o mês com saldo negativo na geração de empregos. O pior desempenho foi Três Lagoas que contratou 1.105, mas demitiu 1.301 ficando com déficit de -196 empregos.

Além da cidade que faz divisa com o Estado de SP, Nova Andradina fechou abril com -66 empregos, seguida por Sidrolândia com -59, Naviraí -19 e Ponta Porã com -16 postos de trabalho.

Já no ranking dos municípios que mais contribuíram para o saldo positivo foi Campo Grande. No mês passado, a Capital admitiu 7.660 trabalhadores e desligou 7.334 gerando o saldo de 326 novos postos de trabalho.

Nacional - O saldo de empregos também ficou positivo no resultado geral do país. O mês de abril fechou com 115.898 postos de trabalho a mais do que em março, que já há havia apresentado números positivos. O resultado é decorrente de 1.305.225 admissões e 1.189.327 desligamentos. Com isso, 2018 chega ao final do primeiro quadrimestre com saldo de 336.855 empregos criados.

Aumento de benefícios a produtor rural pode ser vetado, diz secretário
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse hoje (17) que o governo federal estuda vetar a ampliação de benefícios a produtores rurais ...
Dólar fecha a semana cotado a R$ 3,91, acumulando alta de 1,31%
A moeda norte-americana encerrou hoje novamente (17) em alta de 0,24%, cotada a R$ 3,9147 na venda, fechando uma série de três pregões consecutivos d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions