A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

20/10/2018 10:56

MS tem o quarto menor teto do etanol mesmo com alta de 2,83%

O valor só perde para Goiás (R$ 3,45), Mato Grosso (R$ 3,39) e Paraná (R$ 3,35).

Ricardo Campos Jr.
Posto com preço do etanol dentro da média neste sábado (Kisie Ainoã)Posto com preço do etanol dentro da média neste sábado (Kisie Ainoã)

Mesmo com alta de 2,83% em relação à semana passada, o teto do etanol em Mato Grosso do Sul é o quarto menor entre os estados brasileiros. Na pesquisa semanal da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível), o produto mais caro no estado custava R$ 3,59 e empatou com o Distrito Federal. O valor só perde para Goiás (R$ 3,45), Mato Grosso (R$ 3,39) e Paraná (R$ 3,35).

Esse levantamento é feito por amostragem. Funcionários do órgão percorreram 48 postos espalhados em Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas desde o último domingo anotando os preços para fazer as contas.

O valor médio desse combustível no estado foi calculado em R$ 3,33. Houve aumento de 0,73% em relação à semana passada, quando o produto girava em torno dos R$ 3,30. Essa foi a sétima alta seguida no etanol, que até o dia 1° de setembro custava R$ 3,13.

Em Campo Grande, o preço médio foi calculado em R$ 3,26. O aumento em relação à pesquisa anterior foi de 1,15% e em relação ao dia 25 de agosto, quando começou uma série de aumentos seguidos, foi registrado crescimento de 7,61%.

O etanol mais barato encontrado na Capital custou R$ 3,12 nesta semana, aumento de 2,29% em relação aos R$ 3,05 do período imediatamente anterior. Já o teto se manteve em R$ 3,39.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions