A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

08/03/2017 07:56

Mulheres são responsáveis por 25% dos pequenos negócios em MS

Em Mato Grosso do Sul há 102 mil mulheres empresárias apenas no segmento das micro e pequenas empresas

Elci Holsback
40% dos negócios geridos por mulheres são de prestação de serviços, como setor da beleza (Foto: Alcides Neto)40% dos negócios geridos por mulheres são de prestação de serviços, como setor da beleza (Foto: Alcides Neto)

Mais mulheres estão em busca de qualificação profissional e investindo em negócios próprios, tornando-se empreendedoras. Nos últimos 10 anos, o número de mulheres micro-empreendedoras cresceu 24%, segundo levantamento do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa).

Do total de micro empresas existentes no Estado 25% são geridas por mulheres, o que representa mais de 102 mil empreendedoras.

De acordo com a analista do Sebrae/MS, Ellen Loreto, esse crescimento no número de mulheres que investiram em um negócio próprio se divide em dois momentos, sendo antes e depois de 2014, quando o País registrou mudança no cenário econômico.

“Até 2014, com o Brasil em ascensão economicamente, a mulher viu a oportunidade de empreender e após, com o início da crise, ela viu a necessidade, percebeu que precisava empreender”, avalia Ellen.

O comércio ainda é o segmento que mais atrai a população feminina quando o assunto é empreender. Do total de negócios geridos por mulheres no Estado, 49% são relacionados ao comércio, principalmente de roupas e acessórios, enquanto o setor de serviços, que inclui confecção de roupas, produção de alimentos e serviços de beleza, computam 40% do total.

“Outro ponto que destacamos é a idade das mulheres que decidem empreender. A maior parcela é tem entre 40 e 64 anos, registrando 53% das empreendedoras; outros 43% tem entre 18 e 39 anos e 3% tem mais de 65 anos. Percebemos mulheres de todas as idades, desde muito jovens, até a terceira idade ativas e empreendedoras”, revela a analista.

O investimento na qualificação também registra altos índices entre as empresárias. Segundo a pesquisa, 68% das donas de negócios está estudando e deste total 54% tem curso superior completo.

Leni começou com uma loja e hoje tem uma rede (Foto: Divulgação)Leni começou com uma loja e hoje tem uma rede (Foto: Divulgação)

De pequeno negócio a grande rede – Como muitas mulheres, Leni Fernandes concilia a rotina de trabalho com os cuidados com a família. Casada e mãe de dois filhos, a empresária, hoje proprietária de nove lojas de acessórios e joias, conduz uma equipe com cerca de 100 funcionários e garante que a versatilidade é a principal ferramenta para se manter no acirrado mercado.

“O importante é trabalhar focada no entusiasmo da equipe. Precisamos lembrar que a maior crise é para quem está desempregado. O resto da população consome e por isso, como empresária, precisei reorganizar as empresas, trazer novidades, reduzir a margem de lucro e vender mais em conta, para assim enfrentar os momentos de queda nas vendas”, conta Leni.

A trajetória da empresária que nasceu em Terenos distante 25 Km de Campo Grande, começou ainda na infância, quando ajudava os pais na venda das frutas que a família cultivava. Leni foi ainda babá e gerente de banco por 10 anos, mas foi vendendo joias, com uma micro empresa há 28 anos, que o empreendedorismo ganhou força. Primeiro, ela abriu uma loja para venda de semi-joias e relógios, a Prata & Cia.

Em 2008, decidiu ampliar e fundou a Inel Classic, joalheria e ótica. Um ano depois, nasceu a Badulaque, especializada em acessórios e hoje, a empresária comanda nove lojas.

Mulher e negócios – Durante o mês de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado neste dia 8, o Sebrae/MS realiza série de palestras sobre o empreendedorismo feminino. No dia 10, às 19h, acontece um bate papo com Tânia Gomes, sobre uma mulher à frente de uma start-up – evento gratuito.

Já no dia 14, às 18h30 o momento network realiza o Café Terapia e Literatura e às 19h será realizada a palestra Empresárias e dinheiro:discutindo a relação – investimento de R$ 30.

A programação encerra no dia 23, com momento network – Beleza e Bem-Estar, às 18h30 e, em seguida, às 19h, o talk show Mulher de Negócios: como aumentar os resultados com pequenas mudanças no comportamento – evento gratuito.

Inscrições e mais informações no site: www.sebrae.com.br ou pelo 0800 570 0800.

Juíza federal derruba outra vez aumento dos combustíveis
A juíza Adverci Rates Mendes de Abreu, da 20ª Vara Federal de Brasília, concedeu liminar que suspende o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis. ...
Dólar cai 1% seguindo exterior, entrada de fluxo e avanço das commodities
O dólar ampliou a queda ante o real nesta tarde de sexta-feira, 18, em meio a uma entrada acentuada de fluxo devido à aproximação do cronograma de pa...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions