A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

28/09/2009 11:36

Na Espanha, empresários conhecem novos usos da cerâmica

Redação

Empresários de Mato Grosso do Sul que seguiram em caravana para a Europa conheceram hoje em Castellón, na Espanha, as novas aplicações da cerâmica feitas pela prefeitura da cidade, como pavimentação das ruas e calçamento.

O prefeito de Castellón, Alberto Fabria, explicou que a cerâmica "deixou de ser apenas de uso interno e passou a ser aproveitada externamente, como na pavimentação das nossas ruas, para fins aeronáuticos e até na medicina, quando serve como placas antibacterianas de revestimento interno, tecnologia já empregada em hospitais da Europa e da Ásia".

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, falou sobre o pólo produtivo de Rio Verde e mostrou interesse em parceria com a Prefeitura de Castellón, por meio do ITC (Instituto de Tecnologia Cerâmica) e da Câmara de Comércio.

O vice-prefeito de Campo Grande, Edil Albuquerque, que também acompanha a missão empresarial da Fiems à Europa, reforçou que a Prefeitura da Capital pode participar dessa parceria com a Prefeitura de Castellón para se beneficiar das novas aplicações da cerâmica. "O uso urbano da cerâmica, principalmente a pavimentação de ruas, pode ser aplicado em Campo Grande", disse.

A missão, que também conta com as participações do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS, Luís Cláudio Sabedotti Fornari, e mais 15 empresários do setor cerâmico de Mato Grosso do Sul, prossegue nesta terça-feira na Espanha, onde conta com o apoio da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), entidade ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Em Bolonha, na Itália, a missão vai visitar a Feira Cersaie, considerado o mais importante centro de divulgação de novas tendências, design e evolução de tecnologia de revestimentos cerâmicos do mundo, contando com 1.074 expositores e expectativa de receber 84 mil visitantes de diversos países do mundo.

Ainda na Itália, mas em Milão, os empresários vão visitar a empresa Vuzeta Biodiesel, que tem como seu principal produto o combustível sintético líquido. O sistema Vuzeta consegue transformar diretamente o combustível líquido produzido em energia elétrica acoplado a um gerador diesel, sendo que o rendimento médio é de 5 kW para cada litro de óleo combustível produzido. (Com informações da assessoria de imprensa).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions