A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/05/2012 12:15

No Dia dos Namorados, maioria vai comprar roupa gasto médio será de R$ 168

Nadyenka Castro

Pesquisa realizada pela Fecomércio MS e Instituto Fecomércio aponta que a economia de MS irá receber R$ 136 milhões em função da data

Mais de 16% dos consumidores querem descontos no preço; 14% vão em busca de promoção. (Foto: João Garrigó/ Arquivo)Mais de 16% dos consumidores querem descontos no preço; 14% vão em busca de promoção. (Foto: João Garrigó/ Arquivo)

No Dia dos Namorados, maioria das pessoas vai comprar roupa, gastar R$ 168, pagar à vista, comemorar a data em casa e quer desconto. É o que aponta pesquisa realizada pela Fecomércio MS e Instituto Fecomércio – integrantes do Sistema Fecomércio MS – em parceria com Universidade Anhanguera-Uniderp e Fundação Manoel de Barros.

O levantamento foi realizado em 11 cidades - Aquidauana, Anastácio, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Ladário, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas - que, juntas, representam 62% do PIB (Produto Interno Bruto) de Mato Grosso do Sul.

De acordo com a pesquisa, o sul-mato-grossense pretende gastar uma média de R$ 168,00 por presente, valor 71,4 % acima do registrado no ano passado quando o valor médio gasto por presente foi de R$ 98,00.

Para o presidente do Sistema Fecomércio MS, Edison Araújo, ao aumento do valor é esperado, já que “pode ser explicado pela melhoria na renda como consequência da ampliação dos postos de trabalho e da diminuição das taxas de juro, já percebida pelo consumidor”.

Entre os 11 municípios pesquisados, os namorados de São Gabriel do Oeste é que vão desembolsar mais: R$ 246. Conforme o levantamento, 77% das pessoas entrevistadas na cidade irão fazer compras, o que representa R$ 2.081.538.

Na contramão de São Gabriel está Dourados. O município é onde os namorados irão gastar menos: R$ 82. Do total de entrevistados, 61% irá comprar presentes, acrescentando R$ 3.965.655 à economia local.

Em Campo Grande, 72% das pessoas questionadas irão às compras. Elas irão gastar, em média, R$ 116. Acréscimo de R$ 33.366.906 à economia de Mato Grosso do Sul.

Segundo os entrevistados, os presentes que serão comprados são roupas (16%), perfumes (14%), calçados (8%), chocolates (8%) e flores (8%), presentes típicos desta data. Ao serem questionados sobre o que querem receber de presente, os entrevistados sugeriram produtos semelhantes: perfume (14%), roupas (12%), calçados (9%), entre as suas principais escolhas.

A pesquisa indica que quase 74% dos consumidores vão comprar um presente e, desses, 60% pretendem pagar à vista.

“Para ao empresário, a notícia não poderia ser melhor já que esse ato diminuiu o risco de inadimplência”, afirma Edison Araújo. A intenção também demonstra que, mesmo com maior renda, os consumidores não querem ampliar o endividamento, sugerindo que “estão cada vez mais conscientes da sua administração financeira pessoal”.

Ainda segundo o levantamento, os consumidores vão comemorar este dia em casa (41% ). Para o diretor superintendente do IFMS, Thales de Souza Campos, essa preferência indica que o comércio varejista dos supermercados, conveniências, lojas de bebidas e afins, também será contemplado.

A comemoração em restaurantes será feita por 20% dos entrevistados; 8% irão para bares e boates e 6% em motéis. A casa dos pais é a opção de local para 8% dos consumidores, mesmo percentual dos que pretendem ir ao cinema (8%).

Outra percepção do consumidor mostrada pela pesquisa é sobre o que será decisivo na escolha do presente: mais de 16% dos consumidores querem descontos no preço; 14% vão em busca de promoção e 11% na forma de pagamento.

“É uma consequência de ir comprar e pagar à vista, em dinheiro, cartão de débito ou cartão de crédito, pois eles precisam perceber que há um desconto do preço do seu presente”, afirma o pesquisador José Francisco dos Reis Neto. Sorteios, prêmios ou brindes atraem apenas 5% destes consumidores que irão comprar.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions