A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017

24/04/2014 08:38

No primeiro trimestre, indústria gera 2,2 mil novos postos de trabalho

Francisco Júnior
No período avaliado, o segmento industrial que mais se destacou foi o da indústria de transformação. (Foto: Divulgação)No período avaliado, o segmento industrial que mais se destacou foi o da indústria de transformação. (Foto: Divulgação)

O setor industrial de Mato Grosso do Sul abriu no primeiro trimestre deste ano
2.204 novos postos de trabalho, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems.

O setor reúne as indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública. No período avaliado, o segmento industrial que mais se destacou foi o da indústria de transformação, com 1.848 vagas abertas, enquanto a indústria da construção civil aparece com 299 vagas, a indústria extrativa mineral com 30 vagas e a de serviços industriais de utilidade pública com 27 vagas.

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, a abertura de 2.204 postos formais de trabalho corresponde a 30,9% do saldo total de novos empregos criados no Estado de janeiro a março deste ano.

Conforme o coordenador, nos últimos 12 meses, de abril de 2013 a março de 2014, a cada 30 dias foram abertos, em média, 421 postos formais pela indústria sul-mato-grossense, totalizando, nesse intervalo, a criação de 5.049 vagas, o que corresponde a 33,1% dos novos empregos criados em Mato Grosso do Sul, conferindo à indústria o posto de 2º maior empregador do Estado no período indicado. “Em primeiro lugar aparece o segmento de serviços com 38,7% que, na mesma comparação, apresenta abertura média de 493 vagas ao mês”, avaliou.

Em Mato Grosso do Sul, com o saldo obtido em março de 2014, foi alcançada a marca de 645.386 postos formais de trabalho, indicando elevação equivalente a 1,40% sobre o estoque total verificado ao fim de 2013. Na mesma comparação, o estoque por segmento econômico, passou a ser de 187.781 postos formais de trabalho no setor de serviços (+2,23%), 145.401 na indústria (+1,54%), 120.720 empregos na administração pública (+0,10%), 125.469 no comércio (-0,32%) e 66.015 na agropecuária (+2,12%).

Com a posição verificada em março de 2014, o Índice de Evolução do Emprego Formal na Indústria alcançou 213 pontos, indicando crescimento de 113% sobre o estoque do ano base 2005, quando o setor tinha 68.269 trabalhadores. A indústria sul-mato-grossense mais que dobrou o estoque total de empregos formais no período considerado, o setor de serviços apresentou um índice de 188,3 pontos e crescimento de 88,3%, o comércio com 156,7 pontos (+56,7%), a agropecuária com 120,2 pontos (+20,2%) e administração pública com 103,9 pontos (+4%), enquanto no caso do emprego formal total em Mato Grosso do Sul o índice de evolução alcançou a marca 154 pontos (+54%).

Constata-se, deste modo, que no período compreendido entre 2005 e 2014, até o mês de março, o ritmo de expansão do emprego formal na indústria em Mato Grosso do Sul foi 38% maior que àquele apresentado pelo conjunto da economia estadual. Na mesma comparação, em relação aos segmentos de serviços, comércio, agropecuária e administração pública, o ritmo de expansão da indústria foi maior em 13%, 36%, 77% e 105%, respectivamente.

Já na comparação com o mês imediatamente anterior, o índice de evolução do emprego se comportou da seguinte maneira: indústria (+0,19%), agropecuária (+0,19%), serviços (+0,71%), comércio (-0,24%) e administração pública (0,0%). Por fim, quando comparado com igual mês do ano anterior, o índice de evolução do emprego formal apresentou o seguinte desempenho: emprego total (+3,2%), serviços (+4,8%), comércio (+4,2%), indústria (+4,3%), administração pública (-0,1%) e agropecuária (+0,4%).

 

Mega-Sena deste sábado pode pagar prêmio de R$ 11,5 milhões
A Mega-Sena pode pagar hoje (21) R$ 11,5 milhões, prêmio do sorteio número 1.980, que será realizado às 20h (horário de Brasília). As apostas podem s...
Companhias serão investigadas por dizer que bagagem cobrada barateou passagens
O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor determinou hoje (20) a abertura de processo administrativo contra a Associação Brasileira de Empres...
Mais de R$ 1 bilhão de abono salarial de 2015 ainda não foram sacados
Mais de R$ 1 bilhão referente ao abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2015 ainda não foram sacados. Segundo o governo federal, o dinheiro pertence a ...
Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE
Pressionada pela terceira alta consecutiva no preço do gás de botijão, a prévia da inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions