ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 18º

Economia

Pesquisa indica queda de 0,8% na intenção do consumo na Capital

Pagamento de contas do começo do ano influenciou no resultado de fevereiro

Por Izabela Cavalcanti | 25/03/2024 09:48
Consumidores em frente às lojas da Rua 14 de Julho, em Campo Grande (Foto: Alex Machado)
Consumidores em frente às lojas da Rua 14 de Julho, em Campo Grande (Foto: Alex Machado)

A Intenção de Consumo das Famílias de Campo Grande diminuiu 0,8 ponto percentual em fevereiro, segundo pesquisa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). O índice saiu de 110,9 pontos para 110,1.

O nível do consumo atual está menor para 32,7%; maior para 27,2%; e igual ao ano passado para 39,9%.

Em relação ao emprego, 57% dos entrevistados estão mais seguros; 14,8% menos seguros; e 16,5% dizem estar igual ao ano passado. Outros 11,7% responderam que estão desempregados.

Sobre a melhora profissional nos próximos 6 meses, para 61,8% está mais positiva e para 27,2% negativa. A renda familiar está melhor para 36,8%; 14,6% pior; e 47,9% está melhor que o ano passado.

“Uma pequena variação, praticamente de estabilidade, que demonstra que o consumidor está cauteloso, mas que não reduziu significativamente o consumo. Provavelmente, com alguns reflexos do início do ano, de pagamento de contas”, afirma a economista do IPF-MS (Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS), Regiane Dedé de Oliveira.

O levantamento mostra ainda que para 27,5% das famílias está mais difícil conseguir empréstimo; 16,4% mais fácil; e 49,2% igual ao ano passado.

Em relação à aquisição de eletrodomésticos, 39,7% acreditam que é um momento bom; e para 49,9% é um mau momento.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias