A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

29/05/2014 15:46

População economicamente ativa cresce 7,1% em Mato Grosso do Sul

Bruno Chaves

A população economicamente ativa de Mato Grosso do Sul cresceu 7,1% entre os anos de 2008 e 2012, divulgou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na quarta-feira (28), por meio da pesquisa Cempre (Cadastro Central de Empresas), realizada em 2012.

O crescimento foi gradativo, observou o levantamento. Em 2008, 39% dos moradores do Estado, 445,9 mil trabalhadores, eram assalariados. Em 2012, a quantidade subiu para 46,%, o que representava 558,7 mil pessoas com carteira assinada.

O maior salto foi registrado no intervalo 2009/2011 quando a quantidade de pessoas economicamente ativas aumentou de 40,2% (474,6 mil trabalhadores) para 46% (544,3 mil funcionários. A justificativa, segundo o IBGE, é que o levantamento não é realizado em anos de Censo Demográfico, como o de 2010.

Em todos os anos, a participação relativa do pessoal ocupado assalariado no Estado era de 1,2%. O Cadastro Central de Empresas ainda revelou que o rendimento médio mensal pago ao trabalhador de Mato Grosso do Sul caiu 9,6% entre os anos de 2009 e 2012, de 3,1 para 2,8 salários mínimos.

Caiu de 3,1 para 2,8 salários mínimos o vencimento médio em MS em 4 anos
Caiu 9,6%, entre 2009 e 2012, a quantidade de salários mínimos pagos ao trabalhador em Mato Grosso do Sul, ma média. Os dados foram revelados, nesta ...
Caixa Econômica Federal não usará empréstimo do FGTS em 2018
Apesar da necessidade de cumprir padrões mais elevados de segurança financeira a partir de 2019, a Caixa Econômica Federal não usará o empréstimo de ...
Déficit deverá ficar até R$ 40 bilhões abaixo da meta, diz ministro
O déficit primário – rombo nas contas do governo excluindo os juros da dívida pública – em 2017 deverá ficar de R$ 20 bilhões a R$ 40 bilhões abaixo ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions