A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

29/03/2017 09:02

Preços dos ovos de Páscoa ficam até 51% mais caros este ano na Capital

Renata Volpe Haddad
Ovos de Páscoa estão até 51% mais caros este ano. (Foto: Divulgação)Ovos de Páscoa estão até 51% mais caros este ano. (Foto: Divulgação)

É comum esperar que de um ano para outro, os valores dos ovos de Páscoa cheguem mais caros nas gôndolas, já que os preços acompanham a inflação, que em Campo Grande nos últimos doze meses foi de 5,09%. Só que a surpresa não vem dentro do ovo de chocolate neste ano, mas sim, no preço, que está até 51,26% mais caro.

A pesquisa do Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas), da Uniderp, é resultado de um levantamento produzido pela universidade em supermercados de Campo Grande, de 2016 a 2017, com o comparativo dos preços de 24 tipos de ovos de chocolate mais populares entre os consumidores, além de caixas de bombons.

Ovos com numeração 15, ou seja, 225 gramas, foram os que ficaram mais caros - em média, 17,14%. Mas um preço chamou atenção: em 2016 o Talento meio amargo que custava R$ 24,99 este ano está sendo vendido a R$ 37,80, alta de 51,26%.

O Diamante Negro de 215 gramas, ficou 31,86% mais caro, saltando de R$ 27,53 para R$ 36,30. Lacta ao leite de 196 gramas, teve alta de 27,94% este ano e de R$ 29,11 saltou para R$ 36,30.

Com relação aos ovos de número 20, a média de reajuste foi de 16,85%. O Alpino de 350 gramas está 30,99% mais caro e de R$ 41,91 custa R$ 54,90 este ano.

O segundo aumento mais expressivo nos ovos de numeração 20, foi o Talento branco com doce de leite, que teve elevação de 25,64%. O preço saltou de R$ 42,90 para R$ 53,90. Valor do Sonho de Valsa saltou de R$ 39,62 para R$ 48,30 e ficou 21,91% mais caro este ano.

Para o coordenador do Nepes da Uniderp e pesquisador, Celso Correia de Souza, a alta nos preços dos ovos de Páscoa é reflexo de reajustes nos valores da matéria-prima do produto. “A inflação do ano passado, apesar da tendência de queda, pressionou os custos de fabricação desses produtos. A Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados já se posicionou informando que a disparada do dólar refletiu no preço do cacau e a alta dos componentes da cadeia de produção, como açúcar, combustível e armazenagem, também pesaram no índice”, informa.

Agora, a dica para quem quer manter a tradição e comprar ovos de chocolate este ano, é pesquisar ou procurar outras alternativas, como a produção caseira. “Muitas vezes a aquisição do ovo de Páscoa acontece pela embalagem, ou pelo presente que a indústria agrega ao produto. A sugestão é que se mude de estratégia apostando na produção caseira com toda a família. As barras de chocolates, com 150 gramas custam, em média, R$ 6,00. Daí, um ovo caseiro de 300 gramas, gastando duas barras de chocolate mais enfeites, custará, em média, R$ 15,00, bem mais em conta do que comprar um ovo pronto no mercado”, conclui Celso.

Campanha da Justiça quer arrecadar ovos de Páscoa para mil crianças
O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) lançou a campanha Páscoa Solidária para presentear mais de mil crianças. Para participar, os inte...
Justiça lança campanha Páscoa Solidária para presentear 932 crianças
O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) lançou a campanha Páscoa Solidária para presentear 932 crianças. Para participar da campanha, os...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions