A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/11/2015 18:20

Prefeitura envia à Câmara projeto que diminui limite da dívida ativa

Caroline Maldonado
Prefeito já conversou com o presidente do Tribunal de Justiça, João Maria Lós, e com o presidente da Câmara, Flávio César, sobre o projeto protocolado hoje (Foto: Divulgação/Prefeitura)Prefeito já conversou com o presidente do Tribunal de Justiça, João Maria Lós, e com o presidente da Câmara, Flávio César, sobre o projeto protocolado hoje (Foto: Divulgação/Prefeitura)

A prefeitura de Campo Grande protocolou, hoje (17), na Câmara Municipal, projeto de Lei que altera o limite mínimo para cobrança da dívida ativa por meio de ações judiciais. Atualmente, o limite é de R$ 500 e se aprovada a proposta o valor passará para R$ 1,5 mil.

Conforme a prefeitura, o projeto foi pensado para reduzir a demanda de ações judiciais no Tribunal de Justiça e ainda facilitar o pagamento por parte do contribuinte. Por ano, cerca de 30 mil processos são abertos.

Segundo o prefeito Alcides Bernal (PP), a medida proposta resultará na otimização dos processos de trabalho, na maior efetividade da arrecadação, redução dos custos de cobrança judicial, além de contribuir para a diminuição do número de processos e execução fiscal em tramitação.

Na mensagem enviada ao presidente da Câmara Municipal, vereador Flávio César (PtdoB), o prefeito argumentou que a mudança no valor limite irá cooperar para o cumprimento das metas estabelecidas pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e na redução dos estoques de execuções fiscais em todo o país.

O prefeito disse que já conversou com o presidente do Tribunal de Justiça, João Maria Lós, e com Flávio César sobre o projeto e, além disso, está aberto a novas discussões. “Já estive reunido com o presidente do TJ e também com o presidente da Casa, mas se for necessário voltarei à Câmara para tirar todas as dúvidas”, disse Bernal.

Prefeitura vai protestar em cartório inscritos na dívida ativa
A Prefeitura de Campo Grande vai protestar em cartório as empresas inscritas na dívida ativa do município. O decreto n.° 12.494 publicado no Diário O...
Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions