A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Outubro de 2018

30/03/2010 13:12

Produção de cana cresce 65% e MS será o 6º maior no País

Redação

Com a previsão da safra de cana-de-açúcar crescer 65% neste ano em Mato Grosso do Sul, com a previsão da produção de etanol atingir 1,9 bilhão de litros, o Estado passará de 7º para 6º maior produtor no ranking nacional.

De acordo com o presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bionergia de Mato Grosso do Sul), Roberto Hollanda Filho, os produtores rurais sul-mato-grossense vão plantar cana em 413 mil hectares. A produção deverá crescer 65% em relação ao ano passado, passando de 23 milhões de toneladas para 38 milhões de toneladas.

Com a inauguração de mais uma usina, chegando a 22 unidades no Estado, Mato Grosso do Sul deverá produzir 1,9 bilhão de litros de álcool, contra 1,2 bilhão de litros em 2009.

A produção do açúcar deverá crescer ainda mais, em torno de 150%, de 750 mil toneladas para 1,8 milhão de toneladas. Devido a escassez nos últimos anos, houve aumento no custo do produto, que acabou pressionando o preço do álcool nas usinas.

"Na safra passada, o excesso de chuva afetou a qualidade da cana-de-açúcar e o reflexo disso foi a queda na produção final", disse Roberto Hollanda. No ano passado, a entidade esperava aumento de 70% na produção de açúcar, mas houve de apenas 30%.

Segundo ele, enquanto no ano passado entraram em operação mais sete usinas, para este ano mais uma unidade vai iniciar os trabalhos. A nova usina passa a funcionar em Anaurilândia, a 359 quilômetros da Capital.

A mecanização da colheita no Estado deverá saltar de 30% para 60%, conforme estimativa do Biosul. Hollanda disse que as novas unidades já começam a operar com 100% da colheita mecanizada.

"Hoje, empregamos 25 mil trabalhadores no Estado e para que essa massa não fique desempregada precisamos de parceiros como o Senai para qualificar essa mão-de-obra. O Senai é um parceiro importantíssimo nesse processo, sendo fundamental manter essa interlocução com essa entidade especializada em capacitação industrial", informou.

Na avaliação dele, Mato Grosso do Sul se consolida outra vez como um dos players mais importantes no mercado nacional de açúcar e álcool, subindo da 7ª posição para a 6ª posição no ranking de maior produtor de cana de açúcar do Brasil na safra passada com relação à safra que se inicia.

"A meta é galgar mais posições nas próximas safras", previu, ressaltando que hoje o Estado um tradicional produtor de etanol - 74% da produção estadual é destinada para esse fim -, entretanto, as novas usinas que estão se instalando no Estado estão se voltando também para fabricação de açúcar e para a geração da bioeletricidade.

Dólar fecha terça-feira com leve alta, cotado a R$ 3,69
O dólar fechou a terça-feira (23) em leve alta de 0,21%, vendida a R$ 3,6962. Na máxima do dia, a moeda chegou a R$ 3,7227. O mercado financeiro acop...
Dólar tem leve queda e abre semana cotado a R$ 3,68
O dólar abriu a semana em queda de 0,65%, sendo cotado a R$ 3,6883. Na mínima desta segunda-feira (22), a moeda chegou a R$ 3,6692. O mercado finance...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions